Apesar de recuperação, returno são-paulino ainda é o pior do G-4

O São Paulo conquistou no sábado, diante do Grêmio, uma vitória importante sobre um concorrente direto na luta por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores. Ainda assim, a campanha da equipe no segundo turno do Campeonato Brasileiro é a pior entre os primeiros colocados.

Com dez pontos (três vitórias, um empate e três derrotas) nesse período, a campanha é inferior a Cruzeiro (líder), Internacional (vice-líder) e Atlético-MG (quarto colocado), todos com 13 pontos cada. Grêmio e Corinthians, adversários que estão logo abaixo, com uma vitória a menos na classificação geral, também pontuaram mais no returno.

Segundo melhor na primeira metade da competição, o São Paulo teve uma queda drástica de desempenho recentemente. Antes de derrotar o Grêmio por 1 a 0, no sábado, a equipe havia passado quatro partidas sem vencer, com três reveses (para Coritiba, São Paulo e Fluminense) e um empate (com Flamengo).

Fernando Dantas/Gazeta Press

Muricy Ramalho, que volta ao trabalho nesta segunda-feira, terá missão de dar novo embalo ao time

Na tarde desta segunda-feira, de volta após ficar mais de uma semana em repouso em virtude de arritmia cardíaca, Muricy Ramalho começará a preparar o São Paulo para enfrentar o Atlético-PR, dois dias depois, no Morumbi. O treinador, entretanto, tem uma série de problemas para definir a escalação.

A não ser que algum zagueiro se recupere, a única opção para o setor é Paulo Miranda, já que Edson Silva recebeu o terceiro cartão amarelo, e outros quatro estão no Reffis (Antônio Carlos, Lucão, Rafael Toloi e Rodrigo Caio, o qual voltará a atuar somente na próxima temporada), mesmo caso do lateral direito Auro. Além disso, o volante Souza e o meia Kaká foram convocados para a Seleção Brasileira, e o lateral esquerdo Álvaro Pereira estará a serviço do Uruguai (Reinaldo, um de seus possíveis substitutos, é desfalque pelo terceiro cartão amarelo).

O duelo com o Atlético-PR está marcado para 19h30 (de Brasília) desta quarta-feira, no Morumbi. No primeiro turno, o São Paulo empatou por 2 a 2, com gols de Rogério Ceni e Luis Fabiano – atacante que, a propósito, volta a ficar à disposição após cumprir suspensão.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Apesar de recuperação, returno são-paulino ainda é o pior do G-4

  1. Talvez seja melhor assim. O SP, quando joga em casa contra time de menor expressão, costuma tropeçar em suas próprias pernas: perde para ele mesmo; para a empáfia de alguns jogadores que se acham muito para correr no limite contra esses times. Quem sabe desfalcado a história muda. É preciso que lembrem que o Atlético Paranaense tem sido uma enorme pedra no sapato tricolor.
    Vamos ver. . .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*