Apagado em seu retorno ao São Paulo, Lucas pede reação no sábado

Ele era a grande esperança de gols do São Paulo diante do Atlético-MG, na última quarta-feira, no estádio Independência. Depois de servir à Seleção nos amistosos contra a África do Sul e a China, o atacante Lucas voltou ao Tricolor, mas pouco pôde fazer para evitar a derrota por 1 a 0. Enquanto o Galo pressionava o time do Morumbi, Lucas apagou. Mal recebeu a bola. Agora, ele espera reagir em casa, diante da Portuguesa, no sábado, às 18h30m.

– Pela circunstância do jogo, acabei recebendo menos bolas. Depois do gol, ficou complicado. Agora, tenho de descansar para sábado. Temos de continuar lutando, fazendo a nossa parte. O que não fizemos em Belo Horizonte, temos de fazer sábado – disse o atacante.

Contra o Atlético-MG, Lucas acabou refém da postura defensiva que o Tricolor adotou. Aos 25 minutos do primeiro tempo, o árbitro Sandro Meira Ricci expulsou o lateral Douglas. Com um jogador a menos, o técnico Ney Franco optou por recuar o time e explorar os contra-ataques.

Só que o Galo pressionou o São Paulo de uma maneira a não permitir o contragolpe. Por isso, Lucas deixou o gramado do estádio Independência sem ter arriscado sequer um chute contra a meta do goleiro Victor.

O comandante tricolor reconheceu que Lucas ficou abaixo da expectativa. Ney Franco, porém, saiu em defesa do atacante.

– Ele fez uma partida interessante na parte tática. Nosso jogador foi expulso incorretamente. Com isso, o time cai de rendimento. Os jogadores têm de fazer outras função em termos de marcação. Por isso, o Lucas não teve um desempenho tão bom.

Fonte:  Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*