Dirigente do São Paulo despista imprensa e não fala sobre Ganso

O diretor de futebol do São Paulo, Adalberto Baptista, despistou a imprensa ao desembarcar antes da deleção do Tricolor nesta quinta-feira em Congonhas. Com isso, a diretoria mantém a tática de falar o mínimo possível sobre a chance de contratar o meia Paulo Henrique Ganso.

Baptista era aguardado pelos jornalistas no saguão do aeroporto para falar sobre a ‘intromissão’ do Grêmio na negociação. Segundo o UOL Esporte apurou, os gaúchos se acertaram com o Santos e concordaram em pagar a parte do Peixe na multa rescisória, de R$ 23,8 milhões. ‘Só’ faltaria a anuência de Ganso e da DIS, que detém os outros 55% dos direitos econômicos do atleta.

O São Paulo caminhou em direção oposta e se acertou com Ganso e com a DIS, mas ainda não formalizou uma proposta para pagar os R$ 23,8 milhões do Santos.

A negociação pelo meia Paulo Henrique Ganso está sendo conduzida diretamente por Adalberto Baptista, que tem carta branca do presidente Juvenal Juvêncio, que não foi com a delegação para Belo Horizonte.

O São Paulo desembarcou no início da tarde desta quinta-feira em Congonhas vindo de belo Horizonte, onde perdeu por 1 a 0 para o Atlético-MG pelo Brasileirão. O próximo jogo do Tricolor é sábado contra a Portuguesa, no Morumbi.

Fonte: Uol

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*