Andrés fala em ‘respeito’ a Juvenal Juvêncio e cutuca Carlos Miguel Aidar

Sempre polêmico, o ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, durante participação na noite desta quinta-feira, na Faculdade Sumaré, em São Paulo, em um debate sobre o legado da Copa de 2014, não perdeu a oportunidade de falar sobre uma antiga rusga sua com o Tricolor do Morumbi e o então presidente do clube, Juvenal Juvêncio. Na declaração, o ex-mandatário alvinegro aproveitou para alfinetar Carlos Miguel Aidar, novo presidente são-paulino.

– Eu nunca briguei com o Juvenal, ele é um dos caras que eu mais respeito, até por que ele não é preconceituoso e nem racista, o que aconteceu foi que passamos do limite uma vez, tanto eu quanto ele (Juvenal) – afirmou Andrés.

– Se eu fosse presidente do São Paulo, hoje eu jogava em Itaquera – acrescentou, “colocando-se” no lugar atualmente ocupado por Aidar.

No meio de seu mandato como presidente do Corinthians, entre os anos de 2007 e 2011, Andrés Sanchez estremeceu a relação entre o clube do Parque São Jorge e o São Paulo ao anunciar que o Timão não mandaria mais seus jogos no Estádio do Morumbi. Na época, Juvenal Juvêncio era o mandatário do Tricolor. Os dois chegaram a trocar farpas por meio de declarações públicas.

Fonte: Lance

Um comentário em “Andrés fala em ‘respeito’ a Juvenal Juvêncio e cutuca Carlos Miguel Aidar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*