À espera da semi: SP fecha pausa com 41% dos pontos, lesões e “reforços”

46 dias. Foi esse o intervalo de tempo entre a classificação sobre o Atlético-MG, nas quartas de final, e o dia em que o São Paulo se dá o direito de começar a pensar exclusivamente na semifinal da Copa Libertadores da América, na próxima quarta-feira, contra o Atlético Nacional, no Morumbi.

Esse período, apesar de dois “reforços”, não foi como Edgardo Bauza esperava, e ficou marcado por lesões preocupantes e mais tropeços do que vitórias no Campeonato Brasileiro.

Estacionado no Brasileiro – 41,6% no período

Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo

São Paulo acumulou mais tropeços que vitórias no Brasileiro

Com quase dois meses de espera para a semifinal, era esperado que o São Paulo voltasse suas atenções para o Campeonato Brasileiro, certo? Bauza até que tentou, mas não teve muito sucesso.

Quase sempre com uma equipe mista em campo, até ganhou algumas partidas importantes, como o clássico contra o Palmeiras no Morumbi, mas tropeçou muito mais do que deveria, inclusive dentro de casa, e não teve evolução na tabela de classificação.

Após a partida contra o Atlético-MG, o São Paulo voltou a campo contra o Internacional, pela segunda rodada da competição nacional, e acabou derrotado no Morumbi, ficando na décima posição, com apenas três pontos conquistados.

De lá para cá, foram mais 11 jogos, sendo quatro derrotas, quatro vitórias e três empates, contabilizando apenas 41,6% de aproveitamento nesse período de espera, deixando o São Paulo com 18 pontos, adivinhem em qual posição… décima!

Lesões preocupantes

Julia Chequer/Folhapress

Kelvin se lesionou diante do Sport, no Morumbi

Apesar de estar sempre preocupado em preservar seus jogadores, Bauza optou por escalar todos os titulares para o duelo contra o Sport, válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Morumbi. Além do tropeço dentro de casa – um empate sem gols – , Kelvin, um dos principais jogadores do São Paulo, sofreu um estiramento na coxa e não estará em campo na próxima quarta-feira. Sua presença para o jogo de volta, na Colômbia, ainda é incerta.

Rubens Cavallari/Folhapress

Ganso sentiu um problema na coxa na partida contra o Fluminense

Se já não bastasse perder Kelvin para o duelo contra o Atlético Nacional no Morumbi, Bauza ainda teve outra baixa importantíssima. Contra o Fluminense, na 12ª rodada, a vitória até veio dentro de casa, mas Ganso, que entrou em campo apenas aos 15min do segundo tempo, também sofreu com um estiramento e tem tudo para não estar em campo na semifinal.

Ainda vale lembrar que Mena, lateral esquerdo, também sofreu um estiramento nesse período. No entanto, ele estava defendendo a seleção chilena na Copa América Centenária, já se recuperou e deve aparecer como titular no Morumbi.

Xerife ficou!

Divulgação

São Paulo divulgou um vídeo anunciando a permanência de Maicon

Para não dizer que nada deu certo nesse período de espera, os torcedores tiveram um fato para comemorar. “Se é para o bem de todos e felicidade da nação tricolor, diga ao povo que fico”. Foi com essa frase que Maicon, zagueiro, capitão e candidato a novo ídolo do time, anunciou em um vídeo que o São Paulo havia chegado a um acordo com o Porto para que ele continuasse no clube do Morumbi.

Segundo apurou o UOL Esporte, o Porto aceitou uma proposta envolvendo pagamento de 6 milhões de euros (R$ 22 milhões) e a cessão de 50% dos direitos econômicos dos jovens Lucão, zagueiro, e Inácio, lateral esquerdo.

São Paulo/Divulgação

Cueva foi contratado, mas não pode jogar Libertadores

Além de Maicon, o São Paulo ainda acertou a contratação do peruano Cueva. Apesar de já estar como titular no Campeonato Brasileiro, o meio-campista não poderá entrar em campo contra o Atlético Nacional, já que já disputou a Libertadores pelo Toluca, inclusive jogando contra o São Paulo pelas oitavas de final da competição.

 

Fonte: Uol

2 comentários em “À espera da semi: SP fecha pausa com 41% dos pontos, lesões e “reforços”

  1. Dicas para o bauza :

    Vou começa hoje com a Preparação psicologia para quanta feira

    Em um jogo como esse tudo pode acontecer por isso e preciso entra em campo sabendo o que realmente vai fazer com cada situação que aparecer , vamos a algumas situações de jogo que precisa ser conversada e acertada antes do jogo .

    A) Caso a gente leve um gol no primeiro tempo por uma falha o que fazer ?isso precisas ser treinado para o time não desorganizar e leva mais

    B) Se tivemos um jogador expulso o que fazer ?

    C) Se terminar o primeiro tempo 0x0 o que fazer no segundo ir para cima ou segurar ?

    D) A mais importante não confundir raça com maluquice para não prejudicar o time é preciso treinador e jogadores terem a cabeça no lugar .

    E) O jogo é de 180 minutos, portanto vamos ter a inteligência de jogar os 180 minutos e não entra em desespero nos primeiros 90 minutos .

    Amanha falo da partir tática.

    obs : se o bauza colocar o ytalo para jogar não vou falar de tática porque isso é maluquice

    Pra sempre soberano

  2. Se o destino e o mal futebol tirarem o SP da Libertadores, o desempenho do time treinado pelo Bauza poderá piorar muito. É bem provável que vamos ficar mais preocupados em distanciar do Z4 do que lutar para participar da Libertadores no ano que vem. Acredito que isto deve ter sido analisado quando da contratação do argentino que nunca teve bom desempenho em pontos corridos. Resta ao treinador e ao time serem muito eficientes nesses próximos 4 jogos e buscarem o tetra; caso contrário, uma crise como aquela de 2013, poderá voltar para desespero de todos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.