A goleada teve erros de arbitragem sim: mas pró e contra.

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, parece que todos os jornalistas – e me incluo nisso – que cobriram e/ou assistiram ao jogo preferiram ficar destacando os erros de arbitragem nos gols do Cícero e Luiz Araújo. Por isso começo esse meu comentário por esse caminho.

É verdade que o gol de Cícero teve um impedimento que foi uma aberração, porque não foi lance rápido nem ele estava a centímetros, mas estava pelo menos um metro impedido.

Isto posto, no gol de Luiz Araujo, efetivamente a bola bateu na mão dele. Mas não entendo como proposital, mas sim casual. A bola bate primeiro em sua cintura e depois no braço. Ele estava escorregando. Portanto, naquela rapidez do lance, só se ele não tivesse braço. Além do mais, no lance que originou o gol ocorreram ao menos dois pênaltis sobre Wellington Nem, não  marcados. Depois deste lance, Luiz Araujo foi derrubado em cima da risca da grande área, perto do árbitro, e ele deu falta. Houve também um impedimento dado de Thiago Mendes de forma errada. Thiago estava cara a cara com o goleiro e iria marcar o gol. No balanço de tudo, entendo que o São Paulo acabou sendo tão prejudicado quanto ajudado. Portanto: placar justo.

O time atuou de forma diferente neste domingo. Começou em cima do Santo André, fez o gol logo no começo e depois recuou um pouco. Diminuiu o ímpeto do ataque, trouxe a marcação um pouco para trás e administro o jogo, correndo poucos riscos de sofrer um gol.

E o gol que tomamos, quando já ganhávamos por 2 a 0, foi, de novo, por falha individual. A bola é cruzada na área, Sidão rebate mal e a defesa não consegue recuperar a bola. Era uma bola que Sidão poderia agarrar ou espalmar para fora, nunca para dentro da área, na direção do atacante do Santo André que entrava em velocidade, de frente para o gol.

Mas o time se comportou bem. Diferente de outros jogos, que ao sofrer o primeiro gol entrou em parafuso e acabou cedendo o empate, desta vez teve o domínio do jogo e acabou conseguindo ampliar o marcador sem maiores dificuldades.

Destaco as excelentes atuações de Cícero e Luiz Araujo e a boa atuação, de novo, de Cueva. Também vejo em Jucilei o primeiro volante titular que dará a guarnição necessária à defesa. Mas ele ainda visivelmente fora de ritmo e de preparo físico.

Se mantivermos essa sede de gols – sede que está sendo satisfeita – nos jogos contra o ABC, acredito em goleadas aqui e em Natal. E vamos continuar apoiando o trabalho de Rogério Ceni, que está só começando, mas já está encantando.

4 comentários em “A goleada teve erros de arbitragem sim: mas pró e contra.

  1. para as mulheres que frequentam aqui o tricolor na web um feliz dia das mulheres para vocês.

    placar do jogo : soberano 1×2 ABC

    quem nao gosta de corrupção diz nao ruas #foratemer

    gigante soberano

  2. Vamos SÃO PAULO SER CAMPEÃO,,,,vamo galera lota o Morumbi quarta, ontem vinte mil foi pouco ,,,quarta tem q ser mais ,,,, o MELHOR ATAQUE DO BRASIL

  3. Quem korneta como esse haterzinho infeliz
    deveria torcer somente pra selemerda ou amarelona da nike
    a m esma do SETE no rabo em pleno mineirao.
    Vai infeliz descarregar seu pessimismo e odio pelo SAMPA
    E seu DT de altissima qualidade na pqp
    e’ pertinho da travekaiada
    ali mesmo.

    Da lle CENI

    gigante

    esse futebol nao viamos ha muito, infeliz.

    perder, ganhar, empatar, faz parte

    o importante e’

    TEMOS UM TIME LUTANDO PELA VITORIA

    E

    COM QUALIDADE, RACA, OBJETIVIDADE

    e tudo mais q voce nao tem

    amor e respeito pelo clube e por no’s.

    VAZAAAAAAAAAAAAAAA

  4. Boa Paulo.
    Vejo muita cornetada, tanto por parte da imprensa quanto de pseudo torcedores.
    Muita reclamação, julgamentos, comentários pessimistas.
    O futebol brasileiro de hoje em dia é isso, não existe super times como antigamente, parece que o pessoal vive do passado..
    Nenhum time do Brasil está se destacando como grande potência.
    Vejo o SPFC começando a temporada muito bem, bem melhor do que nós últimos 5 anos
    O time está em formação e está assimilando rapidamente a filosofia da comissão técnica.
    Esse será um ano de títulos, doa a quem doer. Principalmente desse pessoal que só reclama.
    Avante meu Tricolor!!!
    2017 será um ano de alegrias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*