Zé Roberto e dupla de zaga rival definem ataque “leve” no Tricolor

O técnico Juan Carlos Osorio deixa claro que o adversário que terá pela frente sempre vai influenciar na escalação escolhida por ele. No caso do clássico diante do Palmeiras, neste domingo, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro , o treinador viu na provável escalação de Zé Roberto e na dupla de zaga formada por Vitor Hugo e Jackson o motivo para optar por um ataque mais “leve”, sem uma referência como centroavante.

“Eu reconheço a força do Palmeiras. Se jogar Zé Roberto ou Egídio, a postura deles muda. É preciso avaliar isso”, afirmou o comandante, explicando a opção por um jogador de maior velocidade na vaga de Luis Fabiano, machucado. “Creio que Vitor Hugo e Jackson são dois jogadores que atuam melhor quando enfrentam alguém que está sempre na área. Um ataque com dois ou três pontas pode ser mais efetivo”, analisou.

Nessa disputa, Osorio ainda tem de esperar para saber se poderá contar com Carlinhos. O jogador, que já foi utilizado algumas vezes no meio-campo, poderia ser um dos pontas da equipe, mas está com dores na coxa esquerda e é dúvida. Caso ele não possa ser utilizado, a vaga fica entre Wilder e Rogério, com vantagem para o colombiano, que foi bem contra o Vasco.

Isso não significa, porém, que Luis Fabiano não seria utilizado pelo comandante se estivesse bem fisicamente. Apesar de criticar a falta de movimentação do camisa 9 após o empate sem gols contra a Chapecoense, o técnico acredita que a presença de área do atleta está em um nível alto se comparado ao do futebol brasileiro. Principalmente em jogos dentro de casa, por sinal, o Fabuloso é tido como saída para vencer as defesas fechadas.

Outro elemento que Osorio considera importante na tentativa de superar o rival, feito que recolocaria a equipe no G4 da competição, é o apoio da torcida. Animado com a festa feita pelos pouco mais de 23 mil são-paulinos presentes ao jogo contra o Vasco, ele espera uma reedição do clima no clássico.

“Vamos buscar o jogo diante de um grande rival, tentar fazer o placar em nosso favor. Agora temos de esperar que a nossa torcida apoie tanto o time quanto no jogo anterior. Contra o Vasco eles foram muito importantes. Eu valorizo muito o apoio demonstrado ao time”, encerrou.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

2 comentários em “Zé Roberto e dupla de zaga rival definem ataque “leve” no Tricolor

  1. Vamos torcer para o carlinhos nao se recuperar para que seu Osorio nao escale essa coisa ruim, se ele escalar essa coisa, o palmares vai agradecer e se escalar tb o Rogerio Ceni as Pepas tb vao agradecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*