Wellington promete força no clássico

O São Paulo ainda não definiu se irá para o clássico contra o Corinthians, no próximo domingo, com força máxima. Wellington, porém, já prevê um jogo duro com os rivais, e quer que a última lembrança do Tite e companhia do Brasil seja uma derrota na rodada derradeira do Campeonato Brasileiro.

“Como eu falei, se optar em me colocar, vou fazer o meu melhor. Eles estão em preparação para o Mundial, vamos deixá-los tristes, viajar tristes, doloridos, chegar um pouquinho mais firme. A gente tem que ter sabedoria para o clássico, para fazer o placar e dar espetáculo à torcida”, disse Wellington, de modo descontraído.

O jogo acontecerá no próximo domingo no Pacaembu, já que o Morumbi receberá o show da cantora Madonna. Com o São Paulo classificado para a final da Copa Sul-Americana, Ney Franco ainda estuda qual time vai colocar em campo e pode poupar alguns titulares para o primeiro jogo da decisão.

O clássico é esvaziado, mas marca a despedida do Corinthians do Brasil antes da viagem ao Japão, onde a equipe disputará o Mundial de Clubes. Para o São Paulo, é o último jogo antes da decisão da Sul-Americana, competição que mantém viva a empolgação do torcedor tricolor.

Nesta quinta, Tigre-ARG e Millionarios-COL decidem a outra semifinal. Se os argentinos passarem, o São Paulo faz o primeiro jogo fora de casa, e viajaria para o país vizinho na sequência da partida contra o Corinthians. Caso os colombianos vençam, o clube tricolor se prepara para fazer o confronto de ida em casa, variação que pode afetar a escalação de Ney Franco.

“Depois de um jogo duro é normal você ter dores musculares, estar cansado. A Comissão Técnica sabe disso, mas tenho 21 anos e até domingo estarei recuperado. Se o Ney me escalar, vou dar o meu melhor”, completou Wellington.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*