Wellington esbanja simpatia e bom humor para encarar recuperação

Volante do São Paulo no início da temporada, o volante Wellington viu o seu melhor momento com a camisa tricolor e o sonho de participar dos Jogos Olímpicos de Londres serem brecados por conta de uma grave lesão no joelho esquerdo.

Quase cinco meses após o estalo no joelho e a um mês de ser liberado pelo departamento médico, o jogador, de 21 anos, impressiona por estar acima da média na recuperação e sua evolução já é considerada uma das melhores para este tipo de caso.

Mas não é apenas isso que chama atenção no camisa 5. Quem acompanha o dia a dia do clube já se acostumou com a educação do jogador, que faz questão de passar pela sala de imprensa e dar boas-vindas a qualquer pessoa que chega ao clube, sejam elas funcionários, torcedores ou até mesmo jornalistas, ignorados por algumas “estrelas”.

Em determinados momentos, o jogador pode até ser visto batendo papo com um ou outro jornalista como se estivesse no sofá de sua casa, bem à vontade. Os assuntos são os mais variados, mas o retorno aos gramados sempre entra em pauta.

“O Wellington está ótimo, mas ainda precisa esperar um pouco. Vai chegar uma hora em que vai ser difícil segurar, mas acreditamos que dentro de um mês e meio, ele volte”, disse o médico do clube, José Sanchez, seguido pelo jogador.

“Estou me sentindo muito bem, sem dor alguma, e a cada dia sinto a perna mais forte e percebo a evolução. Logo estarei de volta”.

Entre um ‘bom dia’ e outro, Wellington também arruma tempo para as brincadeiras e até se interessa por quem será o jogador entrevistado do dia. Curioso, ele questionou a assessoria de imprensa do clube, que lhe respondeu: “Dênis, Osvaldo e Wellington”, para ‘desespero’ do jogador. “Ainda não, deixa eu aproveitar a folga”, brincou.

Fora de campo é a humildade que prevalece, mas, dentro, o jogador prima pela qualidade e ganhou em pouco tempo, o que alguns sequer conseguiram.

“Wellington é um jogador fundamental. Conseguiu um status de muita confiança com os torcedores. Com o treinador, nem se fale. É um jogador que vem para prosperar. É daqueles que você sempre quer no time”, elogiou o ex-comandante Leão durante sua passagem.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*