Wellington, após SP vetar saída: ‘Tenho o sonho de jogar na Europa’

O volante Wellington recebeu propostas de empréstimo de Inter Milão (ITA) e Galatasaray (TUR), aceitou a oferta do clube italiano e ouviu do São Paulo que não poderia deixar o clube, por conta da falta de opções de reposição no mercado e da lesão do companheiro Denilson. No entanto, mesmo após o veto o volante diz que a possibilidade de sair existe.

“Tenho o sonho de jogar na Europa. Tenho esse desejo. Fico feliz por meu trabalho ser valorizado. Está nas mãos de Deus, São Paulo tem meus direitos, tenho meus empresários. Minha preocupação não é sair ou ficar. É voltar a jogar bem. Esse é meu pensamento, o resto não é comigo”, disse Wellington, em entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT da Barra Funda.

Elogiado pelo técnico Paulo Autuori por conta do desempenho contra Flamengo e Fluminense, nas últimas duas rodadas, Wellington viveu período de incerteza e no banco de reservas nos últimos meses. Ele admite que as propostas européias afetaram o desempenho em campo.

“Não vou mentir e falar que uma proposta de grande clube não mexe com o atleta. Não vou colocar a culpa em proposta. Responsabilidade é minha, estava jogando mal. Tenho culpa do SP estar nessa situação, mas vamos tirar dessa situação o mais rápido possível”, afirmou.

Para sair do São Paulo, Wellington tem até o próximo sábado, data em que a janela européia de transferências se encerra. A diretoria do clube não tem qualquer interesse em negociar o volante, e não deverá facilitar.

 

Fonte: Uol

2 comentários em “Wellington, após SP vetar saída: ‘Tenho o sonho de jogar na Europa’

  1. Acho que deveria negociar.
    Não é nenhum insubstituível, vão acabar perdendo a chance de fazer grana com ele e ficar com um cara desmotivado e desvalorizado. Vai continuar jogando mal, não vai mais gerar interesse de outros clubes, não vai renovar contrato e vai acabar saindo de graça.

  2. Espero que ele tenha sido verdadeiro em reconhecer que, o que ele realmente precisa, é voltar a jogar bom futebol. Agora me preocupa o fato de que, após ter feito apenas dois bons jogos neste ano, ele já vem com a “história” de querer jogar na europa.
    Menos, Wellington, menos . . . A soberba não é uma boa conselheira . . .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.