Venda de Lucas se aproxima da soma de últimas grandes negociações do clube

O São Paulo confirmou nesta quarta-feira a venda de Lucas ao Paris Saint Germain (FRA). Negociado por 43 milhões de euros (R$ 108,3 milhões), o camisa 7 é o jogador mais caro da história do futebol brasileiro.

No Tricolor, Lucas supera o meia Denilson, vendido ao Real Bétis (ESP) em 1998 por 32 milhões de dólares (aproximadamente R$ 37 milhões na época), valor que ajudou o Sampa a pagar parte da reforma do Morumbi, além do atual sistema de refletores do estádio.

Já no plano nacional, o são-paulino bate o valor pago pelo Chelsea (ING) ao meia Oscar, do Internacional, revelado pelo São Paulo. Os Blues desembolsaram aproximadamente 32 milhões de euros (cerca de R$ 79 milhões) pelo ex-Colorado.

Contudo, Lucas e Denilson não são os únicos atletas da base a render um bom dinheiro para o Tricolor. Nos últimos anos, outros jogadores foram negociados por boas cifras com clubes da Europa.

Somando os valores das últimas grandes negociações são-paulinas, o valor (R$ 112,3 milhões) supera o da venda de Lucas em somente R$ 4 milhões.

Confira:

Hernanes: Negociado por 11 milhões de euros (R$ 27,5 milhões) com a Lazio (ITA) em 2010, foi a última grande venda do São Paulo para a Europa. Saiu logo após a eliminação para o Internacional, na Libertadores do mesmo ano.

Breno: Importante na conquista do Brasileiro de 2007, quando subiu ao profissional, o zagueiro foi vendido para o Bayern de Munique (ALE) na mesma temporada por cerca de 14 milhões de euros (aproximadamente R$ 35 milhões).

Denilson (volante): Com apenas 18 anos, foi negociado com o Arsenal (ENG) por cerca de 3 milhões de libras (aproximadamente 10 milhões de reais). Passou cinco temporadas em Londres, quando retornou ao Tricolor, no ano passado.

Lucas Piazon: Também revelado em Cotia, nunca atuou pelo profissional. Com boas atuações pelas Seleções Brasileiras de base, foi vendido ao Chelsea (ING) em março do ano passado por 6,2 milhões de euros (na época R$ 14,3 milhões). O dinheiro recebido pelo São Paulo ajudou o Tricolor a bancar boa parte da contratação de Luis Fabiano, repatriado pelo clube dias antes da saída do jovem atacante.

Kaká: Revelado em 2001, ganhou enorme destaque ao marcar dois gols sobre o Botafogo na decisão do Rio-São Paulo daquele ano, dando o título ao São Paulo. Em 2003, sob uma relação de amor e ódio com a torcida, foi vendido ao Milan por 8,5 milhões de dólares (aproximadamente R$ 25, 5 milhões).
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*