Veja para quais posições o São Paulo pretende contratar reforços

O São Paulo não pretende fazer grandes investimentos em contratações para 2020. E também não pensa em repetir o volume de chegadas e saídas de jogadores no mercado da bola deste ano. Mas o elenco deve ter reforços pontuais, conforme Fernando Diniz disse ao Seleção SporTV na terça-feira.

Satisfeito com o grupo de jogadores, Diniz quer fazer a manutenção da base formada neste ano e preencher lacunas de forma cautelosa. Para 2020, algumas das posições nas quais o clube está de olho são volante e atacante.

Um dos grandes problemas do São Paulo neste ano foi a posição de centroavante. Pablo foi contratado para ser o camisa 9 do Tricolor, mas três problemas físicos o impediram de ter uma sequência.

Ele fez uma cirurgia para retirar um cisto da coluna lombar, rompeu o ligamento do tornozelo e sofreu um estiramento na coxa. Ainda assim o atacante é o artilheiro do elenco, com sete gols, e está prestes a voltar: seja contra o Fluminense, nesta quinta-feira, ou diante do Athlético-PR, no domingo.

Com os problemas médicos de Pablo, Raniel foi contratado por indicação de Cuca. O atacante não deslanchou, mas ganhou a vaga de titular de Alexandre Pato na vitória por 3 a 0 sobre a Chapecoense.

Pato, por sua vez, foi testado na função, principalmente com Fernando Diniz, mas também não rendeu. Ele foi substituído pelo próprio Raniel durante a derrota para o Palmeiras. Diante da Chape, pela primeira vez no ano ele não saiu do banco de reservas ao ser relacionado para um jogo.

O São Paulo ainda conta com Toró, que também sofreu com as lesões e não teve um bom desempenho por aquela região do campo.

Goleiros: o primeiro investimento do São Paulo para 2020 deve ser a contratação de Tiago Volpi. Emprestado pelo Querétaro até dezembro deste ano, o Tricolor tem opção compra por 5 milhões de dólares (cerca de R$ 20 milhões). A diretoria está decidida a comprar o goleiro e conta com sua permanência. Fernando Diniz também quer a continuidade do goleiro. Na reserva, Jean e Lucas Perri são bem cotados;

Lateral-direito: Igor Vinicius tem situação parecida com a de Tiago Volpi. A sua opção de compra é de R$ 2 milhões, parcelados em um ano, por 50% dos direitos econômicos. O São Paulo também quer comprar o jogador e está satisfeito, mas não vai antecipar a decisão, com prazo até dezembro. O clube ainda conta com Daniel Alves e Juanfran. A lateral direita não é um problema;

Lateral-esquerdo: Reinaldo vem sendo um dos jogadores mais regulares do ano e teve seu contrato renovado recentemente até o fim de 2021, com possibilidade de prorrogação automática até 2022.O reserva Léo, de 23 anos, entrou bem quando foi acionado;

Zagueiros: Bruno Alves, Arboleda, Anderson Martins e Walce formam o setor mais forte do elenco. O São Paulo, inclusive, tem a melhor defesa do Brasileirão, com 20 gols sofridos. O clube admitia vender Arboleda na janela do meio do ano, mas o zagueiro não teve a valorização esperada com a seleção do Equador na Copa América. A única proposta concreta, de empréstimo do Kansas City, dos Estados Unidos, foi recusada. Uma eventual saída do jogador pode fazer o Tricolor se movimentar no mercado, ou caso haja alguma oportunidade;

Volantes: os volantes de marcação de Fernando Diniz costumam ter uma boa saída de bola. Jucilei, reintegrado recentemente após período de afastamento, foi titular no último jogo exatamente por reunir essas características. Tchê Tchê também tem esse ponto forte, assim como Liziero. A contratação de mais um volante parecido com os três não seria uma surpresa. Luan e Hudson são as outras opções no setor;

Meias: o meia mais armador atualmente no São Paulo, com passes que quebram linhas, é Igor Gomes. Na maioria das vezes que entrou em campo tentou algo diferente. O jogador, no entanto, é observado por clubes europeus, como o Barcelona, e uma possível saída obrigaria o Tricolor a fazer a reposição. Hernanes é uma outra opção, mas neste ano não conseguiu desempenhar um bom futebol.

Meia-atacantes: o elenco é bem servido de jogadores que atuam pelas pontas do campo no ataque e podem ajudar no meio de campo. Vitor Bueno é quem mais vem se destacando com Fernando Diniz. Antony também subiu de rendimento com o treinador. Pato pode fazer a função pelo lado, embora esteja em baixa neste momento. Everton deverá voltar em 2020, após se recuperar de uma lesão no joelho. Rojas não tem um prazo e também pode reforçar o setor. Calazans e Helinho são outras opções no setor.

 

Fonte: Globo Esporte

6 comentários em “Veja para quais posições o São Paulo pretende contratar reforços

  1. O time hoje é mediano e está na posição que merece. Se fizer um head to head contra Flamengo e Palmeiras nós perdemos. Se trouxer tem que ser jogador pra resolver… que seria titular nesses dois times. Exemplo: Pity Martinez, Calleri, Thiago Silva, Miranda, Marcelo, Lucas Moura, Oscar, etc…

  2. O time precisa de um meia armador, aquele do peniltimo passe. O Igor Gomes é mto bom e está crescendo, mas só temos ele. E um atacante bom, tipo um Guerreiro, pq o Raniel até o momento não correspondeu nas chances que teve.

  3. Rapaz, por essa análise, por um momento acreditei que se tratava do Barcelona, Real Madrid, ou para cair mais na realidade achei que estava analisando o Flamengo ou Palmeiras.

    É por isso que o São Paulo está há 11 anos sem ganhar NADA. O Leco é perdedor nato! Será mais um ano de fila.

    • Concordo com o João… por essa análise otimista demais, contamos com um time que daria para jogar a Champions, em igualdade de condições com Liverpool, Juventus, Bayern, Barça e Real… Então…? Restou dizer o que está faltando de fato…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.