Veja a situação dos nomes que podem retornar ao São Paulo em 2018

A diretoria do São Paulo segue trabalhando nos bastidores para realizar a montagem de seu elenco para a próxima temporada. Além das já apalavradas contratações, como a do goleiro Jean, do Bahia, e das liberações, como as de Gilberto e Denilson, os tricolores se preparam para o retorno de alguns nomes que estavam emprestados a outros clubes durante este ano. Já alguns atletas que não tiveram tanto destaque assim ao longo de 2018, seguirão suas vidas longe do clube do Morumbi.

O volante Hudson, alvo do Cruzeiro, o zagueiro Iago Maidana, peça vital na campanha do Paraná para subir à Série A do Brasileirão após uma década na Segundona, e o lateral Reinaldo, alvo do Corinthians até pouco tempo atrás e destaque da Chapecoense, são alguns dos nomes da lista. Abaixo, o LANCE!  mostra quais são os atletas que podem retornar de empréstimo e fazer parte do elenco para a próxima temporada.

Hudson (Cruzeiro)

A situação do volante deve ser definida nesta quarta-feira, quando haverá uma reunião dos empresários do atleta com os diretores do São Paulo. Os mineiros estão dispostos a pagarem algo em torno de R$ 3 milhões por 25% dos direitos do jogador. O Tricolor ainda não se pronunciou sobre a proposta, mas, caso perca Jucilei, Hudson seria um reforço de peso para o time do Morumbi.

Iago Maidana (Paraná)

O caso mais incerto desta lista.  O clube curitibano já sinalizou a intenção de permanecer com o defensor em seu elenco, mas o São Paulo ainda nem sequer se reuniu com os representantes do atleta para definir qual será o futuro do jogador em 2018. O fato de ter sido o pivô do caso que culminou na renúncia do ex-presidente Carlos Miguel Aidar pode prejudicar um possível retorno. Nenhuma hipótese, no entanto, está descartada.

Reinaldo (Chapecoense)

O lateral fez uma grande temporada na Chapecoense e, inclusive, chamou a atenção do técnico Fábio Carille, do Corinthians. A intenção dos alvinegros era utilizar Reinaldo como substituto de Guilherme Arana, de malas prontas para a Europa. Os tricolores, no entanto, foram mais rápidos e selaram um acordo para o defensor retornar ao clube do Morumbi. No ano que vem, o atleta disputará com Edimar e Júnior Tavares uma vaga na esquerda.

Artur (Columbus Crew-EUA)

O jovem volante, de apenas 21 anos, mostrou talento na MLS (Major League Soccer) ao manter a regularidade e ser titular na maioria dos jogos do quinto melhor time do campeonato. Os norte-americanos ofeceram algo em torno de R$ 4,8 milhões por metade dos direitos federativos do atleta. O São Paulo, que possui 70% da totalidade do valor total, não aceitou a proposta e as negociações devem se estender durante as primeiras semanas de dezembro.

Daniel (Coritiba)

O contrato de empréstimo do meio-campista com o Coxa acaba no dia 31 de dezembro e o clube paranaense ainda não definiu a situação do atleta pois terá eleições presidenciais na primeira quinzena do próximo mês. Entretanto, como Daniel fez apenas cinco jogos durante toda a temporada, a tendência é de que ele seja devolvido ao Tricolor.

Matheus Reis (Bahia)

O lateral, formado no CT Laudo Natel, em Cotia, teve algumas boas oportunidades no clube nordestino. Fez 19 jogos no Brasileirão e deu uma assistência. Hoje, porém, perdeu espaço no time de Carpegiani e está na reserva. Assim como o Coxa, o Tricolor de Aço também passará por eleições presidenciais e, oficialmente, não se pronuncia sobre nenhuma negociação em curso. O garoto, no entanto, está na mira de Rogério Ceni e tem grandes chances de jogar no Fortaleza na próxima temporada.

João Paulo (Bahia)

O artilheiro da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2015 vive situação completamente idêntica a de Matheus Reis. O atacante, que foi emprestado ao Tricolor de Aço no meio do ano passado, chegou a ser despromovido e voltou a jogar nas categorias de base. No entanto, mostrou seu valor e retornou aos profissionais nesta temporada. Jogou sete partidas no Brasileirão e fez dois gols. Seu destino pode ser o Fortaleza, de Rogério Ceni.

 

Fonte: Lance

4 comentários em “Veja a situação dos nomes que podem retornar ao São Paulo em 2018

  1. Tem algumas situações difíceis de serem explicadas. Por exemplo, abrir mão do Breno e do Maidana e depois contratar jogadores do nível do Aderlan e do Bruno. É brincadeira, né?! Abrir mão do Joanderson, prata da casa e contratar o inútil Denilson. Espero que o zagueiro do Colégio Arquidiocesano caia na real e deixe de fazer cag… como essas!

  2. E tem o Breno, emprestado ao Vasco.

    Apesar dele não ter mostrado o mesmo futebol de quando saiu do Brasil, prefiro o seu retorno à contratação de um zagueiro meia boca qualquer. Pode compor elenco tranquilamente.

  3. De todos Nomes gostaria de Ver Reinaldo ter outra oportunidade, Hudson é meio incerto, ainda prefiro uma negociação em dinheiro ou uma troca que nos interesse,Artur acho que tem potencial e quero ver ele jogar no SP,Maidana pode ser aproveitado já que quero que o Caio seja negociado porque está começando a ficar Velho Nível Europa, o Resto por mim pode ser vendido,emprestado ou demitido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*