Próximo de sua despedida, Lugano ganha apoio para seguir carreira

Diego Lugano pode ser a grande novidade do São Paulo no próximo domingo, quando a equipe encerra a temporada enfrentando o Bahia, às 17h (de Brasília), no Morumbi. Com seu contrato chegando ao fim e sem previsões de permanência no Tricolor, o zagueiro uruguaio deverá receber sua primeira oportunidade sob o comando de Dorival Jr, como forma de homenagem pela sua vitoriosa trajetória no clube.

Muito se fala sobre a aposentadoria de Lugano dos gramados pela falta de chances que recebeu nesta temporada. No entanto, o próprio zagueiro já indicou que deve seguir atuando ao menos por mais um ano. Aparentemente, este é o mesmo pensamento da maioria de seus companheiros de equipe.

“Eu acho que o Lugano tem condições de jogar ainda. São decisões do clube, do jogador. Sem dúvida eu penso que o Lugano tem condições de jogar. São decisões pessoais dele. Vai ser um dia incrível”, disse Cueva, já pensando no confronto contra o Bahia.

Diego Lugano fez apenas dez jogos com a camisa do São Paulo neste ano (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

O único fator que pode impedir com que Lugano inicie a partida como titular é a remota chance de o São Paulo se classificar para a Copa Libertadores. Temendo que sua defesa fique fragilizada, Dorival Jr pode começar a partida com a dupla de zaga titular (Rodrigo Caio e Arboleda). Além de somar os três pontos, o Tricolor ainda precisa torcer pelos tropeços de Botafogo, Chapecoense e Atlético-MG, assim como os títulos de Grêmio e Flamengo na Copa Libertadoes e Sul-Americana, respectivamente.

Para o duelo, o São Paulo deve contar com casa cheia mais uma vez. A diretoria tricolor colocou ingressos de arquibancada à venda por apenas R$ 1, fato que certamente atrairá um grande público na volta da equipe ao Morumbi – a última vez que o Tricolor jogou em seu estádio foi no último dia 1 de outubro, contra o Sport, quando venceu por 1 a 0.

“Queremos terminar o ano ganhando. Se ganharmos, temos a possibilidade de irmos para a Libertadores caso o Grêmio e Flamengo sejam campeões. É um agradecimento à torcida por tudo o que fizeram por nós desde o começo da temporada. É uma torcida para aplaudir, para agradecer. A melhor maneira de agradecê-los é terminando o ano bem, ganhando”, concluiu Cueva.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*