Vargas retorna à Itália, e pai pede definição rápida das negociações

Com negociação avançada com o São Paulo, o atacante Vargas, que passava o recesso de final de ano no Chile, com a família, retornou à Itália. Com a situação ainda indefinida, ele se reapresenta ao Napoli.

Com o mesmo nome do filho, Eduardo Vargas, o pai do atacante, afirma que o jogador, sem muitas oportunidades no clube italiano, quer ter mais chances e acredita que o Brasil seja um bom local para apresentar o seu futebol.

– Ele quer jogar no Brasil sim, mas a oferta ainda depende da aprovação do Napoli – declarou o pai, ao LANCE!Net.

Com Sampaoli no comando da seleção chilena, o pai do atacante acredita que seu pupilo tenha bastantes oportunidades e possa até disputar a Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Além disso, por conta da distância entre os países, pretende ficar mais próximo do atacante.

Na terça-feira, a diretoria do Napoli confirmou que Vargas será emprestado nesta janela de janeiro, e disse que analisa as propostas pelo atacante. O pai do atacante cobra uma definição mais rápida das tratativas, para ver o filho em campo. De acordo com Vargas, o filho está chateado com as poucas oportunidades.

O São Paulo foi o único time que avançou nas negociações, mas se recusa a pagar o salário de Vargas, o equivalente a R$ 200 mil, em sua totalidade. O diretor-executivo de futebol do Grêmio, Rui Costa, viajou na última semana ao Chile e conversou com os agentes e família do atleta, contudo, ainda aguarda uma definição.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*