Vaga, show de Ganso e gol de novato…só que o São Paulo tem o que lamentar

Uma bela atuação de Paulo Henrique Ganso, o novo triunfo contra o Huchipato-CHI, e o primeiro gol na carreira profissional de Boschilla. O roteiro parece perfeito para a noite de quarta-feira do São Paulo, mas o problema foi uma sequela deixada pela maratona de viagens e jogos a qual o time está submetido. Alexandre Pato pediu substituição no decorrer do primeiro tempo e preocupa a comissão técnica com a suspeita de lesão na coxa.

O São Paulo programa exame de ressonância magnética no retorno ao Brasil, mas a expectativa é a de desfalque no duelo contra o Bahia, sábado, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro.

Pato estava cumprindo o sétimo jogo consecutivo como titular do São Paulo. E tudo isso em um intervalo de 20 dias.

“Esse é o retrato dos jogos seguidos que estamos fazendo. Não tem como. E assim vai continuar. Não tem como aguentar o ritmo, os jogadores não são máquinas”, ressaltou o treinador.

O desfalque de Pato é compensado com o retorno de outros jogadores. Luis Fabiano, suspenso contra o Huachipato, pode ter a tão esperada chance como titular no Brasileiro. Kaka e Souza, que estavam em serviço da seleção brasileira, são nomes certos.

“Esperamos ter o Kaká e o Souza, que jogaram pouco na Seleção. A gente vai voltar quase meia noite de quinta para entrar em campo no sábado à noite. É desumano isso. Por isso que todo mundo estoura. Hoje perdemos o Pato. Seleção é importante, mas é preciso ter coerência nas convocações”, seguiu reclamando Muricy.

As queixas de Muricy minimizam uma noite de sucesso do São Paulo classificado às quartas de final da Copa Sul-Americana – adversário será o Emelec-EQU. A atuação de Ganso foi coroada com um golaço. Já o substituto do camisa 10 nos minutos finais, Boschilla, fez o primeiro da carreira garantido a vitória por 3 a 2.​

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*