Vaga na Libertadores faz Muricy criticar São Paulo pré-Aidar

O São Paulo venceu o Santos no domingo, em jogo disputado em Cuiabá, e garantiu a vaga para a Copa Libertadores de 2015 pela campanha no Brasileirão. E a meta cumprida fez com que o técnico Muricy Ramalho se sentisse confortável para apontar os erros cometidos pelo clube nos anos anteriores. Logo após a partida, o treinador deu pelo menos três declarações em que criticou a gestão de futebol anterior do São Paulo.

Ao comentar a vaga garantida para a Libertadores, Muricy disse que o São Paulo se preparou durante a competição porque, em outros anos, tinha feito um trabalho ruim. No entanto, era ele mesmo o treinador que encerrou 2013 no clube e participou do planejamento de virada de ano, apontando como deveria ser a reformulação de elenco.

“Graças a Deus acabamos bem. É isso, quem trabalha sério como nós desde o ano passado, a gente não merecia outro resultado que não estar brigando lá em cima. A gente se preparou durante a competição porque fizemos o planejamento mal nos outros anos”, falou, logo após o apito final.

Nem ao falar sobre o título do Cruzeiro, antecipado com duas rodadas, Muricy fugiu das críticas sobre o trabalho realizado anteriormente no São Paulo. Segundo o treinador, o Cruzeiro faz um “trabalho sério” há dois anos, coisa que o São Paulo, segundo ele, não fez.

“Perfeito o Cruzeiro, vem há dois anos fazendo um trabalho sério, diferente da gente. Pegamos o time no ano passado na zona de rebaixamento, montamos o time no segundo turno [de 2014] praticamente. As pessoas que estão no futebol tem que achar pessoas que entendem de futebol para colocar dentro. E o Cruzeiro tem isso”, falou.

Depois, ao parabenizar o time, o treinador afirmou que os jogadores, em 2014, não vestiam a camisa do São Paulo com orgulho.

“O plantel deu resposta. Esse grupo é fantástico, voltou a vestir a camisa do clube com orgulho, o que não acontecia ano passado. Não é fácil, estamos perdendo um jogador por jogo”, disse.

Com situação definida no Brasileirão, o São Paulo ainda briga pelo título da Copa Sul-Americana. O time entra em campo no Morumbi na próxima quarta-feira contra o Atlético Nacional (COL), pela semifinal do torneio, e tenta reverter a derrota por 1 a 0.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*