Um ponto abaixo do G-4, São Paulo evita sonhar com tropeço do Vasco

Separado do grupo de classificação da Copa Libertadores por um ponto, o São Paulo depende de tropeço do Vasco neste sábado para ter chance de, no dia seguinte, assumir a quarta colocação. Ainda assim, os jogadoresdemonstram foco apenas no compromisso contra o Bahia, em Salvador.

“Não temos que pensar nos outros. Temos que pensar primeiramente na gente, focar no nossojogo. Estamos fazendo isso desde o primeiro jogo da competição. Vamos tentar ganhar esse jogo e depois ver como ficou a rodada”, diz o zagueiro Rhodolfo, que, no Pituaçu, completará 100 jogos pelo clube.

O atacante Osvaldo, um dos cotados para substituir o suspenso Luis Fabiano, concorda com o companheiro de equipe. Mas admite que vai acompanhar o duelo entre Vasco e Portuguesa. “A gente assiste na concentração. Se a Portuguesa vencer, vai ser muito bom para a gente. Mas, primeiramente, temos que fazer nosso dever”, ressalva.

Wagner Carmo/Vipcomm

Osvaldo marcou um dos gols da vitória sobre o Botafogo, no meio de semana, e pode ser titular da equipe

 

Se o Vasco perder em São Januário, basta ao São Paulo um empate para entrar no G-4, pois otime tricolor paulista leva vantagem no número de vitórias, primeiro critério de desempate na classificação. Outra possibilidade é vencer o Bahia e contar com derrota vascaína.

Considerado o momento de atual de Vasco e São Paulo, a combinação não é improvável. O time do Rio de Janeiro não vence há cinco rodadas do Campeonato Brasileiro (quatro derrotas e um empate), ao passo que a equipe tricolor vem embalada por três triunfos consecutivos.

Em 21 rodadas disputadas, no entanto, o Vasco jamais esteve fora da zona que dá vaga na próxima edição da Libertadores. Ao contrário do São Paulo, que só furou o G-4 uma vez, na oitava rodada, a última antes da chegada do técnico Ney Franco.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*