São Paulo se anima com “não” de Ganso ao Santos

A recusa do meia Paulo Henrique Ganso a mais uma proposta do Santos de renovação contratual animou o São Paulo. O UOL Esporte apurou que o Tricolor trabalha com a possibilidade de subir a segunda proposta e pagar a parte que cabe ao Peixe na multa contratual para ficar com o jogador.

A multa estipulada por Ganso e Santos prevê que para o meia deixar a Vila Belmiro o time brasileiro interessado terá que depositar o valor aproximado de R$ 53 milhões.

Só que como o Santos só tem direito a 45% do valor total, o São Paulo trabalha com a possibilidade de pagar os R$ 23,7 milhões a que o rival tem direito para que o jogador seja liberado, já que a cúpula tricolor conta com a anuência da DIS (detentora dos outros 55%) na negociação. A tendência é que a proporção 45%/55% seja mantida entre São Paulo e DIS caso Ganso seja contratado.

Porém, para que a estratégia dê certo, o São Paulo terá que convencer o Santos a aceitar essa manobra na negociação, já que os dirigentes do Peixe haviam dito anteriormente que querem receber o valor integral da multa para ceder Ganso ao Tricolor.

Oficialmente, o diretor de futebol do São Paulo, Adalberto Baptista, alega que as negociações diminuíram o ritmo graças ao entrevero recente entre as partes. Na última quinta, ao recusar a segunda proposta do Tricolor por Ganso, o Santos criticou a postura do dirigente por dizer na quarta que havia desistido do negócio, fato que foi negado pelo são-paulino e gerou um mal-estar entre as partes.

Adalberto ainda acusou Pedro Luiz Conceição, membro do comitê gestor do Santos que intermedeia a negociação com o São Paulo, de ter mentido ao falar com o presidente do time alvinegro, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, que o Tricolor havia desistido do negócio. A versão que corre na Vila Belmiro é que quando explicou que não pagaria a multa rescisória por Ganso, o dirigente são-paulino deu a entender que a negociação estava encerrada.

Adalberto procurou Laor para esclarecer a polêmica que foi criada e ficou uma hora no telefone com o santista, segundo contou aos repórteres em coletiva nesta sexta-feira no São Paulo. Ele procurou apagar o incêndio e restabelecer a boa relação entre as partes. “Se preciso for, posso até sair da negociação. Tem gente mais capacitada do que eu no São Paulo para lidar com isso”, justificou o dirigente.

Paralelamente a briga com o São Paulo, o Santos procurou novamente Ganso para oferecer o mesmo salário que havia proposto na última conversa entre as partes: R$ 300 mil fixos + R$ 120 mil de acordos publicitários, sendo que 30% dos direitos de imagem ficariam com o clube. O meia saiu desanimado do encontro e reiterou a vontade de deixar o Peixe, fato que animou ao São Paulo.

Apesar de o São Paulo alegar que irá esperar a poeira baixar, o clube segue levantando as possibilidades para contratar Ganso, até para dar uma satisfação para a sua torcida, que se animou com a possibilidade de ter o camisa 10 santista. E mesmo com a lesão do jogador, a chance é de que haja um desfecho da novela já na próxima semana.

Fonte: Uol

2 comentários em “São Paulo se anima com “não” de Ganso ao Santos

  1. O Jadson está agradando o técnico e o Cañete está prestes a voltar. O time precisa de atacantes, mas a diretoria está disposta a gastar uma fortuna investindo em outro meia.

    Com muito menos contratariam o Ricardo Oliveira.
    A multa dele deve ter caído bastante depois de tantos anos de contrato com os árabes. O clube precisa de um atacante, o clube tem dinheiro em caixa e não tem motivo para ficar com pé atrás com um atleta que por duas vezes demonstrou bom futebol e dedicação.

  2. O foco do São Paulo está errado. Na atual situação dos meias, o Kaká seria muito mais lucrativo para o tricolor.Mais alguns dias e a situação dele com o Real Madri estará em um ponto em que não restará nada mais do que a saída do jogador. Parece que pelos tres anos de contrato que restam com o Real, os salários do jogador não estão tão maiores do que os pagos ao Luis Fabiano. Com ajuda de algum patrocinador o SP poderia traze-lo, ao invéz do PHGanso, e ganhar uma forte grana com a imagem do Kaká, que, por aqui, ainda deverá ter muito mercado. Se o SP procurar o Mourinho, direto, e sentar com o jogador e seus procuradores, deverá resolver um grande problema do jogador, do Real, do Mourinho, ter um excenlente meia, e ainda ganhar uma grana preta participando comissionado da imagem dêle. Nós já vimos algumas coisas assim por aqui que deram certo. ESQUECAM O GANSO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*