Um gol a cada 90 minutos: a média de Calleri pelo São Paulo na Libertadores

O São Paulo conta com Calleri para abrir vantagem no primeiro duelo da semifinal da Taça Libertadores, contra o Atlético Nacional, nesta quarta-feira, no Morumbi. Artilheiro do time na temporada, com 15 gols, ele também é o goleador da competição continental, com oito bolas na rede, empatado com Marco Rubén (Rosario Central) e Ruben Sosa (antes no Pumas e agora no Tigres).

Em 10 jogos na competição continental, o argentino soma oito gols em 720 minutos. A média é de uma bola na rede a cada 90 minutos, contando apenas o tempo regulamentar das partidas na Libertadores.

– Nós passamos por muitos momentos complicados no ano, mas nos unimos, trabalhamos forte e conseguimos chegar até aqui. O time inteiro está focado e nós sabemos o que esse jogo representa para o clube, para a torcida e para cada um de nós. Tudo o que envolve um jogo como esse é diferente, a atmosfera, a cobrança, a cobertura da imprensa. É a típica partida que todo jogador quer disputar e eu não sou diferente. Gosto desse ambiente e não vejo a hora de entrar em campo, ver o estádio lotado e dar o meu máximo – disse Calleri.

Dos 29 jogos nesta temporada, Calleri foi titular em 24. Além dos 15 gols, o argentino também deu três assistências.

Diante do Nacional, ele pode ter a companhia de Michel Bastos, Ytalo e Thiago Mendes. Ganso e Kelvin, lesionados, não devem atuar. Hudson e Mena, por outro lado, treinaram nesta segunda-feira e são titulares prováveis. Assim, o Tricolor deve ir a campo: Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Hudson, João Schmidt, Thiago Mendes, Ytalo e Michel Bastos; Calleri.

Veja as informações do São Paulo para a partida contra o Atlético Nacional
Data: quarta-feira, às 21h45
Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Escalação provável: Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Hudson, João Schmidt, Thiago Mendes, Ytalo e Michel Bastos; Calleri.
Desfalques: Kelvin, Ganso, Breno, Wellington e Lucas Fernandes
Arbitragem: Mauro Vigliano (URU), auxiliado por Juan Belatti (URU) e Gustavo Rossi (URU)

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.