Contra colombianos, Maicon pede time ofensivo e com “outra mentalidade”

Desde que a Copa Libertadores da América sofreu uma pausa após a disputa das quartas de final, o São Paulo não apresentou o bom futebol do mata-mata da competição continental no Campeonato Brasileiro, em que aparece na modesta décima colocação, com 18 pontos. O zagueiro Maicon, no entanto, prometeu um time com “outra mentalidade” e “ofensivo” para o jogo de ida das semifinais contra o Atlético Nacional-COL, nesta quarta-feira, no Morumbi.

“O que passou, passou. Não tem como voltar. A competição é outra, a mentalidade é outra. Mata-mata, se você erra, está fora. Vamos pensar na Libertadores e tentar errar o mínimo possível”, garantiu o zagueiro durante entrevista coletiva concedida no início da tarde desta segunda-feira, no CCT da Barra Funda.

Depois de eliminar o Atlético-MG no dia 18 de maio, em pleno Independência, a Libertadores parou para a disputa da Copa América Centenário, nos Estados Unidos. Desde então, o Tricolor realizou 12 partidas pelo torneio nacional, acumulando cinco derrotas, três empates e apenas quatro vitórias.

“A equipe tem que entrar com outra mentalidade. É semifinal de Libertadores, um jogo totalmente diferente dos que já passaram. Tem que ter uma mentalidade mais forte, estamos a um passo da final. No elenco, só o Lugano foi campeão (em 2005), então precisamos de uma mentalidade mais forte. Não dá pra comparara com o que já passou”, avaliou o zagueiro, que teve os direitos econômicos comprados pelo São Paulo por 6 milhões de euros (cerca de R$ 22 milhões).

Além da campanha instável, a equipe comandada por Edgardo Bauza apresentou outros problemas durante a parada da Libertadores. O treinador argentino viu Kelvin e Paulo Henrique Ganso machucarem e virarem desfalques para o time no primeiro confronto com os colombianos. A expectativa, no entanto, é que ao menos o camisa 10 esteja apto para o duelo da volta, em Medellín.

“É importantíssimo fazermos um resultado positivo dentro de casa na quarta. Não levar gols é importante. O Kelvin e o Ganso fazem falta, é claro, são importantes, mas o Bauza está preparando uma equipe forte pra esse jogo”, concluiu.

O elenco tricolor realizará o último treino antes do primeiro embate na tarde desta terça-feira, no palco da partida, o Morumbi. A atividade, assim como ocorreu na manhã desta segunda, será fechada à imprensa. O duelo está marcado para a noite de quarta, às 21h45 (de Brasília).

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Contra colombianos, Maicon pede time ofensivo e com “outra mentalidade”

  1. Maicon vc é o zagueiro que nos estavamos precisando, mas vc sozinho nao vai conseguir nada, vc nao pode defender e atacar ao mesmo tempo, seria otimo que todos os jogadores que vao entrar na quarta tivessem sua raça, vontade, gana e essa certeza ai sim teriamos chance de ganhar, quem sabe nao acontece o milagre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.