Um dia após vaias e resposta, Maicon fica na piscina com titulares

Passadas algumas horas do desabafo contra as vaias ouvidas no Pacaembu, Maicon se reapresentou com o restante do elenco do São Paulo na tarde desta quinta-feira. Assim como para os demais titulares, a atividade do meia se limitou a um trabalho regenerativo na piscina do CT da Barra Funda.

Refrescar a cabeça foi o conselho recebido por alguns de seus colegas de time após a vitória por 4 a 2 sobre o Capivariano, durante a qual parte dos torcedores chiavam o jogador toda vez que ele tinha a bola nos pés, principalmente no começo do segundo tempo. Ele acenou ironicamente, pedindo mais vaias e sendo prontamente atendido.

Depois do apito final, ao ser abordado pelos jornalistas, Maicon desabafou. “Toda vez, ficam pegando no meu pé. Tudo é o Maicon. O presidente (do clube, Carlos Miguel Aidar) está ali (na arquibancada), falem com ele. Eu fico puto, porque estou treinando sério toda semana e, toda vez, essa palhaçada de pegar no meu pé”, disse, na descida para o vestiário.

“Também quero entender (o porquê disso). Eu trabalho para caramba. Posso não ser um craque, mas sou jogador de grupo. Não sou nenhum moleque. Tenho 30 anos, não estou de brincadeira. Se eu sou o problema, peçam para o presidente para eu sair. Estou há três anos aqui, uma hora cansa”, continuou, argumentando ter tido uma boa atuação, com passe para gol e um cabeceio na trave.

O goleiro Rogério Ceni saiu em defesa do meia, alegando que torcedor geralmente é emotivo. O atacante Luis Fabiano também pediu compreensão da arquibancada no próximo compromisso, ao passo que o meia Michel Bastos questionou o posicionamento dos críticos no Pacaembu.

O estádio municipal será também o palco do jogo de sábado, diante do XV de Piracicaba, já que o gramado do Morumbi segue em reforma. A preparação da equipe será feita apenas na manhã desta sexta-feira, já que na tarde desta quinta somente os reservas – acompanhados de Paulo Henrique Ganso e Luis Fabiano, que iniciou a partida no banco – treinaram com bola.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*