Trio ganha ritmo em jogo-treino

Enquanto o técnico Paulo Autuori comandava uma atividade tática no Centro de Treinamento da Barra Funda, na manhã desta terça-feira (27), o coordenador Milton Cruz e o auxiliar Renê Weber comandaram a equipe reserva no jogo-treino contra o Grêmio Barueri, que terminou empatado por 1 a 1, com gol do atacante Silvinho. O duelo serviu para os jogadores que não atuaram na vitória sobre o Fluminense, por 2 a 1, pudessem ganhar mais ritmo e rendesse mais opções ao time titular.

O Tricolor começou a partida com Denis; Lucas Farias, Paulo Miranda, Diego e Clemente Rodríguez; João Schmidt, Maicon e Regis; Negueba, Aloísio e Osvaldo. No entanto, para Paulo Miranda, Negueba e Osvaldo o confronto foi especial. O trio, que não entrou em campo no último final de semana, vive a expectativa de encarar os botafoguenses no Maracanã.

Se recuperando de lesão desde a disputa da Audi Cup, na Alemanha, o zagueiro foi relacionado para o confronto contra o Fluminense, mas não entrou em campo. “Estou bastante confiante e venho treinando forte, porque quando o Autuori precisar quero estar à disposição. Me senti muito bem no jogo e, agora, vou esperar pela oportunidade”, afirmou Paulo Miranda, que está totalmente recuperado de contratura no músculo anterior da coxa esquerda.

Já para os atacantes Negueba e Osvaldo, a partida contra o Grêmio Barueri foi um teste para mostrar ao treinador que ambos têm condições de reforçar o sistema ofensivo da equipe. Sem poder contar com Luis Fabiano e Aloísio, que receberam o terceiro cartão amarelo na competição nacional contra o Fluminense, Autuori poderá apostar na dupla.

“É importante esse tipo de jogo-treino, porque não atuei no último jogo e, assim, não perco ritmo de jogo. Vou continuar trabalhando e, se o Autuori optar por mim, quero mostrar o meu futebol. Tenho lutado bastante, mas as coisas não têm dado certo. Sei que é uma fase e não vou abaixar a cabeça, porque já passei por coisas piores na minha carreira”, afirmou Osvaldo, que teve a opinião compartilhada por Negueba.

“Estou preparado para poder estrear com a camisa do São Paulo. Vou continuar trabalhando durante a semana, porque quero ajudar a equipe e defender o clube pela primeira vez. No jogo pude sentir que estou bem e pronto para estrear”, afirmou o camisa 29, que está à disposição do time após se recuperar de uma cirurgia no joelho.

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*