Tricolor domina o Inter e vence 1º jogo da final do Brasileiro de Aspirantes

O São Paulo saiu na frente na grande decisão do Campeonato Brasileiro de Aspirantes (sub-23), neste sábado, no estádio Beira-Rio. Visitando o Internacional, atual campeão do torneio, pelo jogo de ida da final, o Tricolor mostrou mais uma vez a força de suas categorias de base e acabou triunfando por 1 a 0, graças ao gol de Vinicius no primeiro tempo.

Com o resultado, o São Paulo agora tem a vantagem de jogar pelo empate na partida de volta, marcada para o próximo sábado, 24 de novembro, às 17h (de Brasília), no estádio do Morumbi.

São Paulo leva vantagem para a capital paulista, onde decidirá o título do Brasileiro de Aspirantes (Foto: Divulgação/São Paulo FC)

O jogo – O Internacional começou a partida pressionando os visitantes e tentando manter o controle. Passados os primeiros minutos, o São Paulo conseguiu equilibrar o jogo e aos poucos foi levando mais perigo à meta colorada. Aos 23, por exemplo, Bortoluzo recebeu ótimo cruzamento rasteiro da direita, mas ao finalizar, foi travado pelo marcador, vendo a bola passar próxima à trave esquerda do goleiro.

Como resposta, o Internacional até chegou a balançar as redes aos 25 minutos, mas o árbitro Daniel Nobre Bins, do Rio Grande do Sul, marcou impedimento de Pedro Lucas, que recebeu bom lançamento após rebatida da zaga tricolor e encobriu o goleiro adversário.

Sem se abalar, o São Paulo rapidamente retomou o domínio das ações ofensivas e aos 28 minutos, enfim, abriu o placar no Beira-Rio. Em cobrança de escanteio pela esquerda, Paulo Henrique cruzou com veneno, a bola passou pela defesa do Inter e acabou sobrando para Vinícius dentro da pequena área. Coube ao meia tricolor apenas completar para o fundo das redes e correr para o abraço.

Já o segundo tempo foi ainda mais agitado que a etapa inicial. Logo aos cinco minutos o São Paulo teve uma excelente oportunidade para ampliar com Pedro Bortoluzo, que roubou a bola da defesa e saiu cara a cara com o goleiro, mas teve sua finalização defendida pelo guarda meta rival.

Mais tarde, aos 18, Caíque saiu em contra-ataque pela esquerda e tocou para Vinícius na entrada da área. O autor do primeiro gol são-paulino, no entanto, não encaixou bem o chute e mandou para fora ao tentar bater no ângulo, fato que enfureceu Geovane, que passa livre pela direita. Três minutos depois, foi Geovane quem fez excelente jogada individual e, ao contrário do companheiro, não foi fominha, acionando Vinícius dentro da área, que, por sua vez, bateu de chapa, de primeira, por cima do gol.

Não contente com o magro placar no Beira-Rio, o São Paulo por pouco não ampliou já nos últimos minutos, mais precisamente aos 40, quando Geovane fez outra grande jogada individual pela direita, levou para o meio e soltou uma bomba, forçando Keiller a fazer boa defesa. No rebote, Gabiga pegou de primeira com o goleiro do Inter já caído, mas carimbou o travessão. Assim, o Tricolor teve de se contentar mesmo com o triunfo por 1 a 0.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*