Capitão tricolor, Rodrigo quer título de Aspirantes para convencer Jardine

O time sub-23 do São Paulo começa a decidir neste sábado, às 17h, o título do Brasileiro de Aspirantes contra o Internacional, campeão da primeira edição do torneio, em 2017. A partida de ida será no Beira-Rio, enquanto a volta está marcada para o Morumbi, no dia 24, também às 17h. O zagueiro Rodrigo, habituado a levantar taças na base tricolor, será o capitão da equipe comandada por Marcos Vizolli.

O defensor de 20 anos, relacionado por Diego Aguirre para as partidas contra Atlético-MG e Bahia, sonha com mais oportunidades em 2019. O fato de André Jardine, antes treinador do sub-20, ter chances consideráveis de ser efetivado como comandante dos profissionais, anima. Mas, segundo o garoto, não garante nada:

– Pude aprender muito e sou muito grato ao Aguirre pela oportunidade. O Jardine é um grande profissional, tenho muito carinho e respeito por ele, aprendi muita coisa com ele. Apesar dele já me conhecer e confiar no meu trabalho, não é por isso que terei minha chance, tenho que seguir trabalhando e treinando firme pra quando tiver minha chance poder aproveitar – disse.

Bem avaliado no Tricolor, Rodrigo renovou seu contrato recentemente e agora está vinculado ao clube que defende desde os 14 anos até dezembro de 2021. Como capitão, ele levantou os troféus da Copa RS de 2017 e da Copa do Brasil deste ano, ambas com a equipe sub-20. Ele também foi campeão do Paulistão Sub-17, em 2015, da Copa Ouro, em 2015 e 2016, do Paulista Sub-20, em 2016, e da Copa do Brasil Sub-20, em 2016, além da edição de 2018.

No Brasileiro de Aspirantes, o São Paulo acumula 12 vitórias, três empates e só uma derrota, além de ter a melhor defesa (sofreu oito gols) e o artilheiro da competição (Pedro Bortoluzo, com oito gols). Na semifinal, a equipe superou o Coritiba duas vezes: 3 a 0 como visitante e 1 a 0 em casa.

O goleiro Lucas Perri e o lateral-esquerdo/atacante Caíque, que pertencem ao elenco profissional, reforçarão a equipe sub-23 nesta partida de ida. O lateral-direito Régis, que posteriormente teve o contrato rescindido, o volante Luan, o meia Igor Gomes e o atacante Brenner também participaram de jogos do Brasileiro de Aspirantes.

– Ser campeão sempre é importante e muito bom. Tem uma equipe muito forte do outro lado, ainda temos duas finais pela frente, mas vamos lutar muito para conquistar mais esse título. – finalizou Rodrigo.

 

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*