Tricolor ‘compra fôlego’ e controla atletas para chegada a La Paz

O São Paulo não quer correr riscos de ter problemas com a altitude de 3.660m de La Paz, palco da partida contra o Bolívar, nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), pela Taça Libertadores. O Tricolor alugou cilindros de oxigênio que serão levados para os vestiários do estádio Hernando Siles e tomou uma série de precauções com a alimentação e o controle clínico dos atletas.

Um funcionário do clube viajou a La Paz com antecedência para providenciar os tubos, enquanto a equipe fazia o último treino, em Santa Cruz de la Sierra. A delegação embarca para o local do jogo no início da tarde em voo fretado.

– É mais uma precaução. Nunca tive nenhum problema nas partidas em que trabalhei aqui, mas precisamos ter cuidado caso alguém não se sinta bem – explicou o médico José Sanches.

Desde o sorteio da Libertadores, comissão técnica e departamento físico do São Paulo passaram a discutir a programação para a viagem. O clube optou por não fugir do que outras equipes também fazem: chegar a La Paz apenas poucas horas antes do início da partida, sem sequer fazer o treino de reconhecimento do gramado, como autoriza a Conmebol.

O grupo vem sendo monitorado desde o embarque para a Bolívia. Na terça-feira, o corpo clínico mediu com um aparelho a oxigenação e o batimento cardíaco de todo o grupo. O teste será repetido na chegada a La Paz para identificar possíveis alterações no organismo dos atletas.

– Nossa recomendação é para que os atletas façam o mínimo de esforço possível. Eles só terão alguma atividade perto da hora do jogo. É repouso absoluto para ninguém apresentar algum quadro ruim – ressaltou o médico.

O cardápio também sofrerá uma pequena alteração em relação aos outros dias. Os jogadores terão de comer porções extras de carboidrato para reforçar o estoque de energia no organismo. Um isotônico com maior poder de absorção foi preparado especialmente para a véspera e o dia do duelo. Medicamentos para combater náuseas e outros efeitos da altitude, por enquanto, estão descartados.

Depois de vencer por 5 a 0, no Morumbi, o São Paulo pode perder por 4 a 0 que mesmo assim estará classificado para a fase de grupos. Quem avançar, cairá no Grupo 3 da Libertadores, ao lado de Arsenal, da Argentina, The Strongest, da Bolívia, e Atlético-MG.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*