Maior arma do Bolívar vira aliada de Jadson em La Paz

O Bolívar aposta na altitude de 3.660m de La Paz para conseguir uma improvável virada sobre o São Paulo. Mas a grande arma dos bolivianos também será usada pelo Tricolor. Os chutes de longa distância, forte aliado das equipes que atuam nas alturas, já está no repertório do meia Jadson para a partida desta quarta-feira, às 22h, no estádio Hernando Siles.

– Vamos aproveitar a altitude também para arriscar chutes de fora da área. É um ponto que podemos surpreender o time adversário – afirmou o meia, grande destaque são-paulino na goleada por 5 a 0, no Morumbi.

No ano passado, o Bolívar chegou a assustar o Santos desta maneira, nas oitavas da Libertadores. O clube boliviano venceu o Peixe por 2 a 1, em La Paz, com dois gols em cobranças de falta de longa distância. No jogo da volta, porém, foi massacrado por 8 a 0.

O armador lembra que a mudança de ambiente não pode ser usada como desculpa para um desempenho inferior em comparação com duelos no nível do mar. Esta será a primeira vez que ele atuará em uma região tão alta.

– Essa será uma nova experiência para mim. Conversei com os jogadores que já estiveram em La Paz e eles disseram que cansa um pouco. Temos de deixar isso de lado e nos superar.

Jadson, aliás, não quer ver o São Paulo acomodado com o placar construído no primeiro confronto. O meio-campista acredita que um triunfo em situações tão contrárias poderá fazer o Tricolor embalar logo na quarta partida da temporada – até agora, três vitórias (Mirassol, Bolívar e Atlético Sorocaba).

– Demos um grande passo em casa e não podemos nem pensar em perder com essa quantidade de gols. Temos de conquistar mais uma vitória para ganhar moral e embalar. É importante estar acostumado a ganhar – ressaltou.

Quem avançar deste confronto cairá no Grupo 3 da Libertadores, composto também por Atlético-MG, The Strongest, da Bolívia, e Arsenal, da Argentina.

 

Fonte: Globo Esporte – Foto: Paty Vessoni

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*