Treinador do São Paulo lembra gol fora para minimizar 0 a 0 em casa

 

O empate sem gol com a LDU de Loja, no Morumbi, classificou o São Paulo para as quartas de final da Copa Sul-americana, mas não agradou ao torcedor pelo desempenho da equipe. O próprio Ney Franco admitiu a atuação abaixo da média e valorizou mais o 1 a 1 do jogo de ida, decisivo no resultado agregado.

“O objetivo era passar para a próxima fase. Não conseguimos vencer por vários motivos. Em alguns momentos, nos marcaram bem. Em outros, não tivemos competência para criar opções de gol. Tivemos muito controle e posse de bola, mas poucas oportunidades. Tivemos incompetência para vencer o jogo hoje, mas competência para fazer gol na casa do adversário”, salientou.

Questionado se o fraco desempenho diante de um time inexpressivo – a LDU de Loja disputa uma competição sul-americana pela primeira vez -, o treinador utilizou como defesa o sistema do torneio, que torna as partidas mais equilibradas.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Treinador não gostou do desempenho de seu time nesta quarta-feira, mas valorizou 1 a 1 do jogo de ida

“Não é a primeira nem a última vez que isso vai acontecer, principalmente em competições mata-mata. Temos vários exemplos de equipes inferiores que foram campeãs da Copa do Brasil, da Sul-americana e da Libertadores”, argumentou, reconhecendo que sua equipe era favorita. 

O adversário nas quartas de final será conhecido nesta quinta-feira, quando Emelec e Universidad de Chile voltam a se enfrentar depois de empate por 2 a 2 no primeiro duelo, disputado em Santiago.

Antes de voltar a campo pela Sul-americana, o São Paulo retoma o foco no Campeonato Brasileiro, pelo qual tem compromisso no sábado, contra o Sport, no Recife. O elenco tricolor se reapresenta na tarde desta quinta-feira, no CT da Barra Funda.

 

 Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*