Traído pela trave, Ceni lamenta “azar” em gol de falta no fim

Rogério Ceni terminaria a partida deste domingo como o grande nome de um empate sem gol com o Goiás. Mas não foi assim. Aos 44 minutos do segundo tempo, após falta cobrada de longa distância, a bola acertou a trave direita e bateu nas suas costas antes de entrar.

“A pancada (o chute) não foi o problema. O problema é o azar de a bola bater e voltar para dentro do gol”, disse o goleiro do São Paulo, em entrevista à TV Bandeirantes, ciente de que havia feito principalmente um grande primeiro tempo, com uma série de grandes defesas.

Como no primeiro turno, o Goiás vence o São Paulo por 1 a 0, com gol de Rodrigo, que já foi jogador do clube paulista. Naquela ocasião, o zagueiro balançou a rede com cabeceio no início da partida. Desta vez, no Serra Dourada, vazou seu ex-clube em uma falta de muito longe.

O gol no final e a consequente derrota freiam a reação da equipe de Muricy Ramalho na competição nacional. Após três triunfos seguidos sob comando do treinador tricampeão brasileiro, ela permanece com 27 pontos ganhos, ainda perto da zona de rebaixamento.

O próximo compromisso do São Paulo na competição nacional será no domingo, diante do Grêmio, no Morumbi. Antes disso, na quinta-feira, o time joga em casa pela estreia nas oitavas de final da Copa Sul-americana, contra a Universidad Católica.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Traído pela trave, Ceni lamenta “azar” em gol de falta no fim

  1. Foi grande durante o jogo todo, mas no gol teve 100% de responsabilidade.
    A falta foi de muito longe e a barreira muito mal formada. O mesmo azar de a bola ter batido em suas costas, o Rodrigo também teve dela encher o poste. Se ela fosse um pouquinho para dentro também seria gol pois o RC estava muito mal colocado, oferecendo o canto interiro para batedor. Deu no que deu . . .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.