Tchê Tchê revela dificuldade em readaptação e fala sobre relação com Cuca

Tchê Tchê chegou ao São Paulo no início de abril após ficar quase um ano no Dínamo de Kiev, da Ucrânia, atuando pouco. E em menos de um mês de preparação, virou titular do Tricolor e já é um dos jogadores mais importantes no esquema proposto pelo técnico Cuca.

Embora tenha entrado bem no time, Tchê Tchê ainda não está 100% fisicamente. No jogo de estreiadeu sinais de cansaço e recebeu um pedido do treinador para diminuir o ritmo até ser substituído. Segundo o jogador, ainda é um resquício da falta de adaptação ao futebol brasileiro.

– Estou com dificuldade ainda. Acho que é visível, principalmente no final dos jogos. Tenho sentido um pouco o cansaço. Então procurar me alimentar melhor, descansar mais, para procurar evoluir. Assim, pouco a pouco vou conseguindo melhorar – afirmou o volante.

Tchê Tchê chegou ao São Paulo após um pedido do técnico Cuca. Os dois trabalharam juntos no Palmeiras, na campanha do título Brasileiro de 2016, e o treinador apreciou o futebol do volante pela sua versatilidade em atuar em outras posições.

Engana-se, porém, quem acha que Cuca tem um trato diferenciado com o atleta ou que há pedidos específicos. Fato é que há um entrosamento entre os dois.

– Não tem muita conversa, ao contrário do que o pessoal acha. Claro que eu fiz coisas boas com ele, então conquistei a confiança. Mas não tem esse diálogo sempre. Às vezes só num olhar ali eu já sei o que ele quer que eu faça dentro do jogo – disse Tchê Tchê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.