Suspensões não permitem Aguirre repetir o time após a Copa

O técnico Diego Aguirre está com dificuldades para repetir uma escalação no São Paulo após a Copa do Mundo. Desde o retorno do Campeonato Brasileiro, já foram três jogos, sem que nenhum tenha tido uma formação inicial igual.

O principal fator para que isso tenha ocorrido é a indisciplina. O Tricolor é o segundo time que mais recebeu cartões amarelos no Brasileirão. Com 46, só perde para o Palmeiras, que soma 52.

No próximo domingo, o São Paulo enfrentará o Cruzeiro, no Mineirão, e pela quarta vez seguida o treinador terá que levar a campo um time diferente. Desta vez, Hudson, Militão e Arboleda levaram o terceiro cartão amarelo diante do Grêmio, na última quinta-feira, e não viajaram para Belo Horizonte.

O primeiro duelo do São Paulo pós-Copa foi diante do líder Flamengo, e ali Aguirre deu sinais de que aquele time seria o mais cotado para ser chamado de principal. A formação contava com:

  • Sidão, Éder Militão, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Hudson, Jucilei e Nenê; Rojas, Everton e Diego Souza.

Naquele jogo, Everton e Sidão receberam o terceiro amarelo e ficaram fora do clássico diante do Corinthians. Já Jucilei saiu com uma lesão na coxa esquerda e deve ser baixa por pelo menos três semanas.

Escalação do São Paulo diante do Flamengo (Foto: Nayra Halm/Estadão Conteúdo)

Escalação do São Paulo diante do Flamengo (Foto: Nayra Halm/Estadão Conteúdo)

Com essas ausências, o São Paulo enfrentou o Corinthians com uma escalação que surpreendeu. Reinaldo, lateral-esquerdo de ofício, foi colocado do meio para frente no lugar de Everton:

  • Jean; Militão, Arboleda, Anderson Martins e Edimar; Hudson e Liziero; Nenê, Reinaldo, Rojas e Diego Souza.

Nos dois duelos, o São Paulo conseguiu as vitórias e deu um salto na tabela, assumindo a vice-liderança do Brasileirão. No entanto, não teve a mesma sequência diante do Grêmio, quando teve de volta os considerados titulares, menos Jucilei, e foi derrotado fora de casa:

  • Sidão; Militão, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Hudson, Liziero e Nenê; Rojas, Everton e Diego Souza.

Do confronto contra os gremistas para o encontro com os cruzeirenses, Aguirre novamente terá que mudar. Sem Militão, Arboleda e Hudson, o treinador precisou antecipar a entrada do lateral Bruno Peres entre os relacionados e promover o zagueiro Lucas Kal, das categorias de base.

Assim, o São Paulo que vai a campo no domingo, às 16h (de Brasília), no Mineirão, deverá ter:

  • Sidão, Araruna (Bruno Peres), Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Liziero e Nenê; Everton, Rojas e Diego Souza
Bruno Peres foi relacionado pela primeira vez (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Bruno Peres foi relacionado pela primeira vez (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Mesmo com a suspensão dos três jogadores, os pendurados ainda preocupam. Dos relacionados para a partida, válida pela 16ª rodada do Brasileirão, Anderson Martins, Reinaldo, Liziero e Nenê tem dois cartões amarelos acumulados.

Veja as informações do São Paulo para enfrentar o Cruzeiro:

Local: Mineirão, Belo Horizonte
Data e horário: domingo, às 16h (de Brasília)
Escalação provável: Sidão, Araruna (Bruno Peres), Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Liziero e Nenê; Everton, Rojas e Diego Souza
Desfalques: Jucilei (lesão na coxa esquerda), Rodrigo Caio (cirurgia no pé esquerdo), Régis (recondicionamento físico), Edimar (entorse no tornozelo esquerdo), Militão, Hudson e Arboleda (suspensos)
Pendurados: Anderson Martins, Reinaldo, Régis, Jucilei, Liziero e Nenê
Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa) apita, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho, todos do Rio de Janeiro
Transmissão: TV Globo para SP, RS, PR, GO, TO, MS, MT, SE, AL, CE e MA (com Luis Roberto, Caio Ribeiro e Leonardo Gaciba) e Premiere, Premiere HD e PFCI (com Jaime Junior e Henrique Fernandes)

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.