SP tira 12 mil ingressos sem aviso, esconde público e assume erro

A diretoria do São Paulo divulgou carga de 43 mil ingressos para a reestreia do técnico Muricy Ramalho no comando do time, mas colocou à venda apenas 31 mil entradas para o jogo, por conta do show da cantora Beyoncé, no domingo. Um equívoco que foi percebido apenas na manhã de quarta-feira reduziu a carga. No jogo desta quinta-feira, o clube escondeu o público, desrespeitou o previsto no Estatuto do Torcedor e agora assume o erro.

O boletim financeiro do jogo, publicado nesta sexta-feira pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), evidencia a diferença entre a carga anunciada e o número de entradas colocada à venda. Dos 31 mil ingressos colocados à venda, 27.548 foram vendidos.

A carga de ingressos habitual no Morumbi é de 64 mil. O clube passou para 43 mil por conta do show da cantora Beyoncé, no próximo domingo. Como o palco já está montado, a diretoria vetou a ocupação no setor amarelo do Morumbi, por falta de visibilidade. Na quarta-feira, ao perceber que torcedores na extremidade dos setores azul e vermelho também não conseguiriam ter visão de todo o campo, mais 12 mil ingressos foram retirados das bilheterias.

O clube, porém, não avisou. Os 12 mil ingressos saíram dos postos de venda e manteve-se o comunicado de que 43 mil bilhetes haviam sido vendidos quando se anunciou que estavam esgotados. Durante a partida contra a Ponte Preta, o número de torcedores e renda de bilheteria não foi divulgado. No relato da partida, publicado no site oficial do São Paulo, o clube afirma que “mais de 43 mil torcedores esgotaram os ingressos e compareceram em peso para apoiar o time e matar as saudades de Muricy”, enquanto na verdade havia pouco mais de 27 mil.

Nesta sexta-feira, o departamento de comunicação do São Paulo assumiu o erro e afirmou que teve de tirar as entradas de circulação ao perceber que o palco montado para o show de Beyoncé era maior que o esperado, e prejudicaria não só a visão do setor amarelo.

 

Fonte: Uol

 

Nota do PP: Meu Deus, quanta mediocridade. Mais uma na conta desta diretoria.

Um comentário em “SP tira 12 mil ingressos sem aviso, esconde público e assume erro

  1. Paulo Ponte, seguindo a linha de ataque, acho que a culpa não é diretoria, é dos jogadores, ou dando uma ‘Birnada’, é do Muricy, pois se o técnico fosse o Ney Fraco, queridinho dele e do piloto, não teríamos mais de 10 mil pessoas no Morumbi ontem e nada disso teria acontecido…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.