SP recua e dará apenas 5% de ingressos ao Corinthians na Libertadores

Depois de afirmar após a partida entre São Paulo e Ponte Preta que estudava ceder ao Corinthians uma carga maior de ingressos na partida contra o rival no Morumbi, dia 22 de abril, o presidente do clube tricolor, Carlos Miguel Aidar, voltou atrás, e, em nota oficial, disse que o alvinegro terá apenas 5% das entradas.

O baixo público do São Paulo tem sido recorrente em 2015: na partida contra o Danubio, pela competição sul-americana, o Morumbi teve pouco mais de 16 mil pagantes, o menor público em 23 anos de disputa da Libertadores.

A situação gerou polêmica no clube: a torcida reclama muito das dificuldades na compra e do preço alto estabelecido pelos ingressos. Os ânimos se acirraram ainda mais com as declarações do vice de futebol Ataíde Gil Guerreiro, que disse que “nem com os portões abertos lotaria o Morumbi”, após a partida diante do São Bento, pelo Paulistão.

O imbróglio levou Aidar a dizer no domingo que conversaria para ceder ao Corinthians 10% da carga de ingressos, para lotar o estádio são-paulino. A iniciativa não será levada adiante. Veja a nota na íntegra:

O São Paulo Futebol Clube vem a público informar que terá a mesma reciprocidade adotada pela diretoria do SC Corinthians Paulista, referente a carga de ingressos da torcida visitante para o clássico do dia 22 de abril, às 22h, no Morumbi, pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

Assim como na primeira partida do dia 18 de fevereiro, na Arena Corinthians, manteremos a fixação em 5% de carga de ingressos para os visitantes.

 

Fonte: UOL Esporte

3 comentários em “SP recua e dará apenas 5% de ingressos ao Corinthians na Libertadores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*