SP não contratou “novo” Kaká. Se depender de M. Bastos, não vai precisar

O São Paulo procurou, na pré-temporada, um jogador de peso para substituir Kaká, que deixou o time em dezembro, mas não encontrou. O vice de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, lamentou a dificuldade na busca por esse reforço. Esse começo de ano, porém, mostra que Muricy está muito bem abastecido no meio de campo: Michel Bastos, o substituto “caseiro” para o ex-melhor do mundo, tem participação ativa em todas as vitórias até agora.

“Nós queríamos um substituto para o Kaká, um cara de nome, mas não encontramos. O mercado não tem esse jogador, desistimos”, disse Ataíde, antes da estreia no Paulistão.

O primeiro jogo chegou, diante da Penapolense, que havia eliminado o São Paulo no ano passado. O confronto começou truncado, com poucos espaços. Michel Bastos apareceu com uma bomba de fora da área, abrindo o placar. Em seguida, deu assistência para o gol 200 de Luis Fabiano.

A boa fase continuou na partida contra o Capivariano. Além de dar o cruzamento para o primeiro gol de Pato, Michel participou ativamente das principais jogadas ofensivas de sua equipe, infernizando o lado direito da defesa do clube do interior.

Neste domingo, em uma noite pouco inspirada do São Paulo, Michel Bastos, outra vez, apareceu bem: com um lindo passe, colocou Luis Fabiano na cara do gol. O camisa 9 foi derrubado, e Ceni marcou de pênalti.

Em termos de números, o substituto não deve nada ao antecessor: no ano passado, mesmo atuando na lateral em algumas ocasiões, marcou quatro gols, um a mais do que Kaká. Neste ano, consolidado no meio de campo, deve amplir a marca: já balançou as redes uma vez em três partidas, e deu assistências em todos os jogos.

A partir das próximas semanas, o meia deve ganhar um novo concorrente na busca por uma vaga no meio de campo do São Paulo: Ricardo Centurión. Muricy Ramalho vem dizendo, em entrevistas, que os jogadores tem que mostrar em campo que merecem seguir no time.

Seguindo essa lógica, neste começo de ano, não há motivo para pensar em sacar Michel Bastos. E nem para lamentar que não veio de fora um substituto para Kaká.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*