Souza explica chute no ângulo e diz que Osorio quer vê-lo indo à frente

Autor do gol que deu a vitória ao São Paulo por 1 a 0 diante da Chapecoense, na Arena Condá, e que levou a equipe à primeira colocação no Campeonato Brasileiro, Souza falou sobre a bomba que acertou no ângulo do goleiro Danilo, e negou que o tento tenha saído por acaso.

– O gol foi muito importante para nos dar tranquilidade no jogo. Jogar com a Chapecoense fora de casa não é fácil, no ano passado empatamos em 0 a 0 lá e perdemos em casa, sabíamos que é uma equipe muito forte e que viriam para cima. Não conseguimos explorar os contra-ataques, mas conseguimos segurar o ataque deles. (O gol no ângulo) Sem querer não foi, mas óbvio que a bola ir onde foi, sim. Quando chutamos de fora da área, não tem direção, a gente tenta acertar o gol e fazê-lo, mas ir onde foi é a surpresa. Peguei o goleiro adiantado, o que ajudou muito mais – explicou ele, que recebeu a equipe do “Seleção SporTV” em sua casa.

Encantado com o trabalho do técnico Juan Carlos Osorio, o volante explicou que o objetivo do treinador é fazer com que a equipe consiga pressionar o adversário em seu campo mesmo quando atua fora de casa. Já a orientação para o camisa 5, é que ele jogue como em sua melhor fase, aparecendo à frente para finalizar, exatamente como ocorreu em Santa Catarina.

– Ainda é muito cedo. O que ele tem pedido é para a gente tentar jogar fora de casa, marcando pressão, como faríamos em casa. Mas isso é muito complicado fazer do dia para a noite. Ele mesmo falou que não vai ser fácil, depende de muito trabalho, tem de ter tempo. É a segunda semana com ele, e espero que em um futuro próximo a gente consiga fazer isso. Individualmente, ele me pede para fazer o que me viu fazendo, me quer indo à frente para ajudar. Um segundo volante que ajuda na frente e atrás, que faz esse misto. Ele gosta que eu faça isso e pediu para eu continuar fazendo – explicou.

Um dos mais entusiasmados com o trabalho do treinador para ser o goleiro e capitão Rogério Ceni, que, após a vitória sobre a Chapecoense, elegeu o colombiano como grande responsável pela recuperação do time na temporada. E ainda o comparou a dois grandes técnicos que trabalham na Europa: Pep Guardiola e José Mourinho. Souza também tem gostado dos métodos de trabalho do comandante.

– Ele é muito responsável. No primeiro dia deu uma ordem que todos passem pela musculação 30 minutos antes do treino para fortalecer. Disse: “Preciso de vocês bem fisicamente para que quando eu exija, vocês estejam preparados”. A gente não via isso. Ele vai muito além do campo, se preocupa com o trabalho dentro e fora, com nossa alimentação. Ele já foi preparador físico, então observa na academia e instrui, é muito inteligente. Tem muito a passar e espero que dê certo –  afirmou.

Após o triunfo em Chapecó, o elenco tricolor ganhou folga nesta segunda-feira. A reapresentação está marcada para a próxima terça-feira, às 9h30, no CT da Barra Funda. O time só voltará a campo no domingo, dia 21, contra o Avaí, no estádio do Morumbi.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.