Souza diz que Corinthians não entregará jogo e elogia Sabella

O volante Souza, do São Paulo e da seleção brasileira, falou em entrevista coletiva no CT da Barra Funda, nessa segunda-feira, que não precisará torcer pelo Corinthians contra o San Lorenzo (ARG), pela próxima rodada da Copa Libertadores. O clube argentino tem seis pontos, assim como o São Paulo, que se beneficiaria com a vitória do rival. O volante são-paulino disse não ter qualquer dúvidas sobre a intenção do técnico Tite de ganhar o jogo.

“Não preciso torcer. Nunca trabalhei com ele, mas todo mundo sabe a índole dele. Todo mundo sabe que o Tite é uma pessoa séria. Não preciso torcer para ele. Mais importante primeiro a gente pensar no nosso, fazer nosso dever que é vencer o Danubio”, falou o jogador.

O volante falou em diferentes momentos da entrevista que houve uma mudança nos treinamentos desde que o coordenador técnico e interino Milton Cruz assumiu o posto temporariamente após a saída de Muricy Ramalho. Souza disse que ainda é cedo para dizer se Milton já deu nova cara ao time, mas ressaltou os treinamentos e elogiou ainda o argentino Alejandro Sabella, esperado pela diretoria para acordo nessa terça-feira.

“Não sei se existe essa resistência com estrangeiro. Já vi o Gareca que passou aqui e não teve êxito. Acho o Sabella um treinador superexperiente, vice-campeão da Copa do Mundo, campeão da Libertadores, e a gente sabe que idioma não vai ser problema. Ele trabalhou aqui, no rival, conhece um pouco da cultura. Essa indefinição é óbvio que não ajuda, mas o Milton tem feito um bom trabalho. Enquanto não se decide isso espero que ele continue fazendo o trabalho que tem sido muito bom para todo mundo”, disse.

“A gente sabe que não é fácil, mudança de treinador requer uma série de mudanças, tanto que a diretoria queria que Muricy ficasse. Sabia que acarretaria inúmeras mudanças. Milton vem fazendo um bom trabalho, mas é muito cedo para falarmos que já conseguimos implantar. Se o Alejandro vier, é um treinador super experiente, de um dia pro outro não vai querer fazer da forma dele, vai conhecer o elenco, vai ter ajuda do Milton e a partir daí vai implantar o trabalho dele”, completou.

Souza destacou os treinamentos do interino. Nesta segunda-feira, por exemplo, Milton Cruz fugiu do habitual de Muricy e outros técnicos e já mostrou o time titular que deve enfrentar o Danúbio, na quarta-feira, pela Libertadores, com Rogério Ceni, Paulo Miranda (Auro), Rafael Toloi, Dória e Reinaldo; Rodrigo Caio, Hudson e Souza; Paulo Henrique Ganso, Alexandre Pato e Michel Bastos. Com eles, o interino fez um trabalho de posse de bola e passes em situações de jogo.

“Milton falou por si, já jogou na Europa, nos clubes, ele dá muitos trabalhos, tem várias formações. É um cara que apesar de nunca ter assumido conhece muito da função porque trabalhou com treinadores de muita qualidade. Ele junto com o Zé Mario [preparador] tem dado trabalhos que a gente tem gostado. Do Milton, a parte mais importante é que a gente conseguiu implantar no jogo aquilo que a gente treinou um dia antes”, afirmou.

 

Fonte: Uol

2 comentários em “Souza diz que Corinthians não entregará jogo e elogia Sabella

  1. Quando o Sabella chegar, ele vai perguntar:
    “E quem é que joga nesse time?”.

    Vão responder: “Denilson, Reinaldo, Pato, Souza, Tolói…”.

    E aí, vão escalar essas porcarias de novo, pra variar. Lembrando que por pior que o Reinaldo seja, ainda é menos inerte que o tal Carlinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*