Sem Welliton, São Paulo treina chutes antes de enfrentar o Grêmio

O São Paulo espera melhorar o desempenho de seu setor ofensivo na partida deste domingo contra o Grêmio, no Morumbi. Com apenas cinco gols nos cinco jogos disputados sob o comando de Muricy Ramalho, o time ainda tem um dos piores ataques do Campeonato Brasileiro. Enquanto procura o parceiro ideal de Luis Fabiano, o técnico comandou, na manhã deste sábado, um treino de finalizações para encerrar a preparação.

O artilheiro, que também não vive sua melhor fase, está relacionado para o confronto entre os tricolores. Osvaldo, Aloísio e Ademilson também fazem parte da lista de Muricy. Já Welliton, que vinha sendo o preferido do treinador para atuar ao lado do Fabuloso, segue com dores no músculo adutor da coxa direita e, assim como ocorreu diante da Universidad Católica, pela Sul-Ameriana, não está entre os relacionados.

Sem o camisa 37, Muricy não confirmou quem será o parceiro de Luis Fabiano. Na quinta-feira, Aloísio foi o escolhido, mas não teve boa participação e acabou substituído por Osvaldo, que também vive péssima fase – não faz gols desde fevereiro.

O outro desfalque será o volante Denilson, com uma contratura na coxa direita. Como Rodrigo Caio, poupado contra a Católica, voltará ao time, ele pode entrar na zaga, no lugar de Rafael Toloi, ou no meio, na vaga de Wellington ou Maicon. Em alta com Muricy, o volante certamente estará entre os titulares no Morumbi.

Antes do treino de finalizações, o time liderado pelos meias Jadson, Ganso, Maicon, e pelo zagueiro Antônio Carlos, venceu o rachão no CT da Barra Funda. Mais de 28 mil ingressos já foram vendidos para o jogo diante do Grêmio. A expectativa do clube é de que o público supere a marca de 40 mil. Seria o maior desde a volta de Muricy ao São Paulo.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.