Sem descanso: Muricy vai com o que tem de melhor contra o Emelec

Jogo na quinta no Morumbi, no domingo em Criciúma, viagem para o Equador na segunda, partida na quarta, volta para o Brasil na noite de quinta, jogo em Salvador no domingo seguinte. A maratona do São Paulo será extensa nas próximas duas semanas. Mas, para o confronto diante do Emelec, no Cícero Pompeu de Toledo, Muricy Ramalho vai escalar o que tem de melhor à disposição. Tudo para tentar vencer e abrir uma boa margem de gols no duelo válido pelas quartas de final da Copa Sul-Americana.

Em relação ao time que enfrentou o Goiás, duas novidades são certas: Rafael Toloi na zaga e Kaká no meio-campo. Em compensação, o treinador não poderá contar com o volante Denilson e com o atacante Luis Fabiano. O primeiro foi expulso diante do Huachipato, no Chile, e terá de cumprir suspensão. Já o segundo estará fora pelo segundo jogo seguido após ter sido punido com três duelos de gancho pelo cartão vermelho recebido diante dos chilenos, na capital paulista.

No meio-campo, dois jogadores brigam pela vaga de Denilson: Maicon e Hudson, com maiores chances para o primeiro. Se isso acontecer, a tendência é que o segundo seja mantido na lateral direita. Se ele preferir usar Hudson no meio, Paulo Miranda, que também cumpriu suspensão diante do Goiás, entraria na defesa.

Michel Bastos, que foi o craque no triunfo sobre o Goiás, será mantido no time, desta vez na vaga de Luis Fabiano. Com isso, Muricy Ramalho repetirá o esquema com três meias e Alan Kardec como referência no ataque. A tendência é que o São Paulo entre em campo com: Rogério Ceni; Hudson (Paulo Miranda), Rafael Toloi, Edson Silva e Alvaro Pereira; Souza, Maicon (Hudson), Kaká, Paulo Henrique Ganso e Michel Bastos; Alan Kardec.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*