São Paulo vê no palmeiras chance de sair do momento instável

O empate por 2 a 2 com o Botafogo no Rio de Janeiro reforçou o momento instável pelo qual o São Paulo passa no Campeonato Brasileiro. Com apenas uma vitória nos últimos seis jogos, o time perdeu a liderança para o Palmeiras e caiu para o terceiro lugar, atrás também do Internacional.

Passadas 27 rodadas, o Tricolor contabiliza 52 pontos, um a menos que o rival, de quem já esteve oito à frente. Considerando apenas os oitos jogos do segundo turno, o time dirigido por Diego Aguirre ocupa a 11ª posição, com 11 pontos, nove atrás do Palmeiras.

A situação preocupa porque a competição está entrando em sua reta final, o que exige uma reação rápida do São Paulo. A começar por um triunfo sobre o atual líder no clássico do próximo sábado, no Morumbi.

Precisamos voltar às vitórias e teremos jogos decisivos pela frente. Temos de estar tranquilos e acreditar nas coisas boas que podemos fazer. Agora é focar em fazer uma boa semana e tentar ganhar o próximo jogo. As rodadas vão passando e não podemos perder mais pontos, especialmente em casa”, declarou Aguirre.

Questionado sobre os motivos da oscilação são-paulina, o lateral esquerdo Reinaldo valorizou o nível dos adversários no Brasileirão. O camisa 14 ainda lamentou tropeços em casa, como nos empates com Fluminense e América-MG, porém elogiou a postura do time no Rio de Janeiro.

“Não estamos jogando contra ninguém. É um campeonato muito disputado. Infelizmente perdemos pontos importantes em casa, mas o que fica é o espírito de lutar até o fim. Infelizmente não conseguimos hoje (domingo), mas é vida que segue”, disse Reinaldo.

Artilheiro do São Paulo no Brasileirão com dez gols, Diego Souza corroborou a análise de Reinaldo e ponderou sobre o atual momento da equipe: “É claro que não gostamos de ter perdido a liderança. Por isso estamos insatisfeitos com o empate”, assegurou.

“Há muito campeonato pela frente e agora teremos um confronto direto na nossa casa, com o apoio do nosso torcedor. O espírito de luta continua existindo, o time tem brigado até o último minuto. Nossa equipe está bem viva”, bradou.

 

Fonte:  Gazeta Esportiva

4 comentários em “São Paulo vê no palmeiras chance de sair do momento instável

  1. Sempre o mesmo discurso! O time é limitado, sabemos disso. Mas não pode faltar raça. Estávamos ganhando os jogos por que o time brigava por todas as bolas. Não tinha bola perdida. Agora, voltou a ser aquele time sonso de 17. Se não tomar cuidado vai tomar uma goleada dos porquinhos. Torço para que a invencibilidade seja mantida, e é só o técnico não inventar moda. Fazer o básico que teremos chance. Se perdermos, vai pro vinagre.

  2. O TIME PRECISANDO GANHAR, O CAGÃO MEDROSO ME TIRA UM MEIA E COLOCA UM ZAGUEIRO, VAI GANHAR DE QUEM ASSIM ?!?!?! MÉDIA DE TIME QUE LUTA PRA NÃO SER REBAIXADO, 1 VITÓRIA NOS ÚLTIMOS 6 JOGOS KKKKK 10 ANOS NA FILA, E QDO TEM A OPORTUNIDADE DE SER CAMPEÃO ENTREGA OS 2 CAMPEONATOS MAIS FÁCEIS DOS ÚLTIMOS ANOS, BRASILEIRO E SULAMERICANA, ENTREGARAM A SULAMERICANA PRA TER SEMANAS CHEIAS PRA TREINAR, MAS PARECE QUE SÓ FICAM JOGANDO FUTEBOL DE MESA, O TIME NÃO TEM UMA VARIAÇÃO TÁTICA, VAMOS VER ESSA SEMANA, OUTRA SEMANA CHEIA PRA TREINAR, VAMOS VER SÁBADO SE VÃO COMEÇAR OUTRO JOGO JÁ TODO RECUADO SE CAGANDO DE MEDO !!!

    • Não entregaram o Sul-americana, nada! É que não deram conta de vencer o Colón mesmo. Agora imagine se classificar em quinto ou sexto lugar para a Libertadores: com certeza, vamos perder até para o Tolima ou o Defensa e Justicia! Vai ser o maior vexame!!!

      • Pra mim maior vexame é ser rebaixado ,mas o SPFC já passou da hora de começar a ganhar títulos ,pqp treme nos mata mata ,agora treme nos pontos corridos ,ta foda ,e de todos aí o que menos tem culpa é o Aguirre, senhor nenê tá devendo já tem um tempão viu ta osso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*