São Paulo vê forma de pagamento travar negociação por Colmán

Após se aproximar da contratação do atacante Cristian Colmán, do Nacional, o São Paulo viu a negociação travar nos últimos dias com a demora na resposta do clube paraguaio, que ainda estuda a melhor forma de receber o pagamento por seu jogador.

“Não me refiro à quantidade, mas sim à forma de pagamento”, afirmou Guido Ciotti, presidente do Nacional, à rádio paraguaia Cardinal neste sábado. “Tenho certeza que ele (Colmán) será transferido, há ofertas e está na etapa final. Isso era para ter sido resolvido na quarta ou quinta-feira”, acrescentou.

O mandatário do clube paraguaio ainda revelou que “Lanús, clubes do Brasil e da Itália” também manifestaram interesse pelo jogador. O mexicano León também gostaria de contar com o atleta de 22 anos. O Tricolor ofereceu 1 milhão de dólares (cerca de R$ 3,7 milhões) por 50% dos direitos econômicos de Colmán. Inicialmente, o Nacional gostou da oferta, mas não fechou negócio ao pedir um tempo maior para pensar.

O interesse por Cristian Colmán surgiu após um estudo do departamento de análise e estatística do São Paulo e o aval do técnico Rogério Ceni, que gostaria de contar em seu elenco com um atacante de boa estatura – o paraguaio mede 1,85m. Em 2016, ele marcou 11 gols em 31 partidas disputadas pelo Nacional.

Até o momento, a diretoria tricolor anunciou oficialmente três reforços para a temporada 2017: os atacantes Wellington Nem e Neilton, e o goleiro Sidão. Além de Colmán, a agremiação do Morumbi tenta a contratação do meia Cícero, do Fluminense.

O salário de Cícero é o principal empecilho para a negociação ser concretizada, segundo o diretor de futebol executivo Marco Aurélio Cunha. No entanto, o São Paulo já trabalhe para viabilizar o acerto – o clube pode ceder o volante Wellington aos cariocas.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*