São Paulo recorre a empréstimo para pagar 13º salário a funcionários

Longe de estar passando por uma fase de fartura financeira, o São Paulo recorreu a bancos para pegar um empréstimo de R$ 10 milhões com o intuito de arcar com o 13º salário de seus funcionários, além de pagar outras contas, segundo o jornal a Folha de S.Paulo.

Ainda de acordo com a publicação, R$ 2,5 milhões serão utilizados para quitar os compromissos do final de ano. Os R$ 17 milhões referentes à cota de televisão do Campeonato Paulista de 2017 foram usados para garantir o pagamento do empréstimo.

No último dia 13, o Conselho Deliberativo do Tricolor vetou a assinatura de um novo contrato com a Globo para transmissões de jogos em TV aberta. No total, o clube receberia R$ 60 milhões adiantados e não teria necessidade de pedir socorro aos bancos.

Presidido por Leco, São Paulo pegou empréstimo junto a bancos para quitar compromissos do final do ano (Foto: Fernando Dantas/ Gazeta Press)
Presidido por Leco, São Paulo pegou empréstimo junto a bancos para quitar compromissos do final do ano (Foto: Fernando Dantas/ Gazeta Press)

Na ocasião, o Conselho entendeu que o adiantamento da verba seria utilizado pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, para montar um elenco mais forte para 2017, o que comprometeria as finanças da agremiação do Morumbi.

Em reunião com conselheiros na última terça-feira, Leco apresentou uma projeção de déficit de R$ 7,5 milhões no orçamento de 2017. Para o departamento de futebol profissional, serão destinados R$ 17,5 milhões, ainda segundo a Folha de S.Paulo.

Enquanto recorre aos bancos para arcar com seus compromissos trabalhistas, o São Paulo trabalha para reforçar o elenco da temporada 2017. Já foram três os jogadores contratados: os atacantes Wellington Nem e Neilton, além do goleiro Sidão.

O clube ainda tenta viabilizar as chegadas do meia Cícero, do Fluminense, e dos atacantes Cristian Colmán, do Nacional (PAR), e Ricardo Goulart, do Guangzhou Evergrande (CHI). Neste momento, contudo, as negociações com os paraguaios esfriaram em função da demora na resposta do Nacional.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*