São Paulo vacila no fim, cede empate ao Avaí e perde liderança do Brasileiro

A bola pune, diria Muricy Ramalho. Pune quem perde muitas oportunidades e permite a reação adversária, mas premia quem não desiste. Muito superior ao Avaí na partida deste domingo, no Morumbi, pela oitava rodada do Brasileirão, o São Paulo fez apenas um gol, marcado por Souza, e deu espaço para o time catarinense empatar nos minutos finais, com André Lima. O placar de 1 a 1 impede o Tricolor de voltar à liderança e acaba com sequência de 12 triunfos em casa.

Agora com 17 pontos, o São Paulo vê o Sport na liderança, um ponto à frente. O Avaí, por sua vez, com essa igualdade vai a 12 e segue em posição intermediária na tabela.

Na próxima rodada do Brasileirão, o São Paulo tem um clássico pela frente. Visita o Palmeiras, na arena do rival. O jogo está marcado para domingo, às 16h. O Avaí, por sua vez, jogo um dia antes, no sábado, às 16h, contra o Grêmio, na Ressacada, em Florianópolis.

souza são paulo gol (Foto: Marcos Ribolli)Souza comemora o gol do São Paulo no Morumbi (Foto: Marcos Ribolli)

O jogo

À exceção de um gol perdido pelo zagueiro Emerson, do Avaí, na cara do gol, só deu São Paulo no primeiro tempo do duelo no Morumbi. Souza teve boa chance e viu a bola passar muito perto da trave de Vagner. Ganso também teve ótima oportunidade, sem goleiro, e não marcou. E Pato teve gol mal anulado pela arbitragem – ele não estava impedido.

São Paulo x Avaí (Foto: Marcos Ribolli)Marquinhos e Ganso disputam a bola no meio
(Foto: Marcos Ribolli)

Fora essas chances mais agudas, o Tricolor esteve o tempo todo com a maioria dos seus atletas no campo de ataque. O Avaí, por sua vez, não conseguiu espaço para explorar o contra-ataque. O 0 a 0 ao final do primeiro tempo não refletiu o que foi a partida. Por isso, o São Paulo lamentou tanto o gol de Alexandre Pato que foi anulado.

Na etapa final, o São Paulo manteve a postura ofensiva. Teve duas, três chances logo de cara e, enfim, abriu o placar aos nove minutos. Hudson fez belo cruzamento para Souza. O volante, bem posicionado, dominou no peito e tocou na saída do goleiro Vagner, que ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar o gol dos donos da casa.

A vantagem acomodou o Tricolor. Melhor para o Avaí, que pressionou em busca do empate. Só que o time catarinense parou em Renan Ribeiro. O substituto de Rogério Ceni, vetado por conta de problema muscular, fez três importantes defesas em menos de cinco minutos. Só não conseguiu impedir André Lima aos 44 minutos do segundo tempo. Rafael Toloi falhou, e o atacante empatou.

 

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 1 AVAÍ

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 21 de junho de 2015, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa (Fifa-RJ) e Rodrigo Pereira Joia (RJ)
Cartões amarelos: Alexandre Pato (São Paulo). Marquinhos, Romário, Hugo, Adriano (Avaí)
Público: 21.364
Renda: R$ 639.175,00
Gols: SÃO PAULO: Souza, aos 9 minutos do segundo tempo
AVAÍ: André Lima, aos 44 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Bruno, Rafael Toloi, Dória e Carlinhos; Hudson, Souza, Thiago Mendes (Edson Silva), Ganso e Michel Bastos; Alexandre Pato (Centurión)
Técnico: Juan Carlos Osorio

AVAÍ: Vagner; Nino Paraíba, Antonio Carlos, Emerson e Romário (Eltinho); Adriano, Pablo (André Lima), Eduardo Neto e Marquinhos; Anderson Lopes e Hugo (Rômulo)
Técnico: Gilson Kleina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.