São Paulo terminará 2017 com menor número de jogos em 15 anos

Eliminado da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana, e sem ter disputado a final do Campeonato Paulista, o São Paulo fará 66 jogos até o fim do ano, menor quantidade desde 2002. Daqui até dezembro, restam apenas os 38 do Campeonato Brasileiro.

Até o momento, a equipe entrou em campo 16 vezes pelo estadual, seis pela Copa do Brasil, duas na Sul-Americana e outras duas no Torneio da Flórida, disputado durante a pré-temporada.

Em 2002, de acordo com o site oficial do clube, foram 63 partidas. Naquele ano, os grandes do estado só entraram na fase final do Paulistão, num quadrangular com o campeão Ituano. O São Paulo acabou sendo campeão do que se chamou de Super Paulistão.

Por outro lado, em 2005, ano do tricampeonato mundial, o São Paulo entrou em campo 81 vezes, e em 2013, por conta de excursões na Alemanha, Portugal e Japão, 83.

Jogos do São Paulo ano a ano, desde 2002:

  • 2002: 63
  • 2003: 76
  • 2004: 74
  • 2005: 81
  • 2006: 73
  • 2007: 79
  • 2008: 71
  • 2009: 67
  • 2010: 71
  • 2011: 70
  • 2012: 78
  • 2013: 83
  • 2014: 69
  • 2015: 71
  • 2016: 71

No ano passado, a equipe foi à semifinal da Libertadores e, por conta disso, disputou 71 jogos e teve aproveitamento de 43% dos pontos. Foram cinco jogos a mais do que na atual temporada, que tem um calendário reformulado, com Copa do Brasil, Libertadores e Sul-Americana durante o ano todo, simultaneamente.

Isso significa também um aumento considerável de treinos para o Tricolor de Rogério Ceni. As 38 partidas do Brasileirão serão disputadas entre 14 de maio e 3 de dezembro, data da última rodada. Isso significa um jogo a cada 5,3 dias.

O que angustia o torcedor e também as pessoas de dentro do clube é que a pior atuação do ano – embora o técnico pense diferente – ocorreu justamente depois de 17 dias sem entrar em campo. Ou seja, com tempo de sobra para treinar. Na semana que vem, por exemplo, a equipe não terá compromissos entre a primeira rodada contra o Cruzeiro, neste domingo, no Mineirão, e a segunda, diante do Avaí, na segunda-feira, dia 21.

São Paulo de Rogério Ceni já foi eliminado de três torneios este ano e agora só tem o Brasileirão pela frente (Foto: Marcos Ribolli)

São Paulo de Rogério Ceni já foi eliminado de três torneios este ano e agora só tem o Brasileirão pela frente (Foto: Marcos Ribolli)

Veja as informações da partida contra o Cruzeiro:

Local: Mineirão, em Belo Horizonte
Data e horário: domingo, às 16h (de Brasília)
Escalação provável: Renan Ribeiro; Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cícero; Cueva, Luiz Araújo (Thomaz) e Pratto
Desfalques: Wellington Nem, Wesley e Morato (machucados), Araruna (aprimora a forma física após se recuperar de lesão muscular na coxa esquerda)
Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique, auxiliado por Dibert Pedrosa Moisés e Michael Correia, todos do RJ
Transmissão: TV Globo para SP e Belo Horizonte (com Cleber Machado, Caio Ribeiro e Paulo César Oliveira) e Premiere e Premiere HD (com Rogério Correa e Rivelino Teixeira)

Fonte: Globo Esporte

3 comentários em “São Paulo terminará 2017 com menor número de jogos em 15 anos

  1. Boa tarde São Paulinos ! além de toda decepção do ano fiquei estarrecido com a covardia feita com o Neílton, não que ele mereça ser jogador do São Paulo, mas se no jogo ele foi escalado como titular e no dia seguinte ser dispensado é de um tremendo mal caratismo da diretoria e da direção técnica, é imputar a ele o mal futebol do time, é descarregar em cima de um menino a incompetência de todos.

  2. Caro Alexandre, entendi perfeitamente sua colocação sobre “tristes dias…”, efetivamente todos nós, verdadeiros são paulinos, estamos muito tristes em ver o que fizeram com um dos melhores clubes do mundo.
    Fomos copiados, perdemos nossa personalidade, hoje não temos o respeito dos adversários e pior, passamos a ser motivo de chacota.
    Que os adversários agradeçam aos JJs, Aidars, Lecos e Aprendizes, sem contar ao grande número de sócios (50%) e dirigentes que torcem por outros clubes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*