São Paulo tenta vitória sobre Coritiba para seguir com G-4 na mira

A vitória do Vasco, no sábado, reabriu cinco pontos de distância para o São Paulo noCampeonato Brasileiro. Para não deixar o concorrente à vaga na Copa Libertadores se desgarrar, o time paulista entra em campo às 16 horas (de Brasília) deste domingo, no Couto Pereira, buscando exclusivamente uma vitória sobre o Coritiba.

O Tricolor já esteve próximo de desistir do G-4. O técnico Ney Franco havia condicionado a esperança de se colocar entre os quatro melhores a duas vitórias nos dois últimos jogos. Aí a equipe venceu Portuguesa e Cruzeiro, no Morumbi, e contou com vacilo vascaíno para diminuir a distância de seis para dois pontos.

Apenas uma vez o São Paulo esteve na faixa que dá vaga à Libertadores. Foi na oitava rodada, após vitória sobre o Cruzeiro, ainda sob o comando interino de Milton Cruz. Mas o Botafogo tinha um jogo a menos e, mais tarde, derrubou o time de Ney Franco de lá.

Neste domingo, além da pressão habitual para triunfar e não deixar o Vasco disparar de novo, a equipe encara a dificuldade de um adversário que luta para não cair à segunda divisão nacional. “Eles vão vir com tudo para cima da gente, porque estão perto da zona de rebaixamento”, diz Rhodolfo, ex-zagueiro do Atlético-PR e bom conhecedor do rival.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Ney Franco mantém seu time na busca pela vaga na zona de classificação para a próxima Copa Libertadores

O técnico Ney Franco desfez a dúvida na montagem do meio-campo. Com a suspensão simultânea de Denilson e Wellington pelo terceiro cartão amarelo, Paulo Assunção foi o escolhido para a vaga. Já o atacante Ademilson deve ser mantido em um trio ofensivo ao lado de Lucas e Osvaldo. Mas o garoto ainda corre o risco de perder o posto para Casemiro, em uma escalação mais cautelosa.

 

A derrota no finzinho para o Sport, em um duelo direto contra o rebaixamento, deixou o Coritiba em situação delicada. Com 28 pontos, o time alviverde precisa mais do que nunca fazer a lição de casa para ganhar pelo menos mais uma rodada de alívio. No entanto, segue sofrendo com desfalques, especialmente por lesões.

Éverton Costa teve lesão de ligamento cruzado confirmada e não joga mais nesta temporada. Deivid e Ayrton, com dores musculares, estão parados há duas semanas. O zagueiro Pereira ainda não será liberado pelos médicos, enquanto Roberto, de volta aos treinos, precisa de ritmo. Dessa forma, Marcel e Anderson Aquino brigam por um lugar no ataque ao lado de Rafinha, que reaparece entre os 11 iniciais.

Arte GE.Net

O volante William destaca a importância do Alto da Glória nessa fase difícil e cobra apoio do torcedor coxa-branca. “Nossa torcida tem que comparecer e fazer a diferença. Nosso mando de campo, a partir de agora, tem que fazer valer também”, disse o jogador, que ainda minimiza a presença do técnico Ney Franco, um velho conhecido, agora no lado adversário.

 

“Não tem muito que esconder. As equipes já se conhecem muito bem. Os treinadores se conhecem, sabem a maneira de trabalho de cada um”, concluiu.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X SÃO PAULO

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 30 de setembro de 2012, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez.
Assistentes:Dibert Pedrosa Moises e Wagner de Almeida Santos.

CORITIBA: Vanderlei, Victor Ferraz, Demerson, Escudero e Eltinho; Willian, Gil, Robinho, Lincoln e Rafinha; Marcel (Anderson Aquino)
Técnico: Marquinhos Santos

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Paulo Assunção, Maicon e Jadson; Lucas, Osvaldo e Ademilson (Casemiro)
Técnico: Ney Franco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*