São Paulo tenta Hernanes, mas “falta de verba” dificulta contratação

O São Paulo não negocia apenas a venda de alguns de seus jogadores. Prestes a estrear no Campeonato Paulista, o Tricolor tenta repatriar o volante Hernanes, revelado nas categorias de base do clube, em Cotia.

No entanto, segundo reportagem desta terça-feira do jornal italiano La Gazzetta dello Sport, o jogador não se entusiasmou com a proposta brasileira, preferindo seguir na Juventus, da Itália.

A diretoria tricolor torce para que ele não seja vendido a outro time europeu nesta terça, quando a janela de transferências do Velho Continente se encerra. Assim, o clube do Morumbi continuaria acompanhando a situação de Hernanes até 4 de abril, último dia para as equipes brasileiras realizarem contratações de atletas de fora do País.

Com 31 anos, Hernanes vem sendo pouco utilizado pelo técnico da Juventus, Massimiliano Allegri, o que poderia facilitar o retorno do meio-campista ao Morumbi. Por outro lado, o São Paulo admite que o negócio é muito difícil de acontecer, tendo em vista o alto salário do atleta e a dificuldade financeira pela qual o clube passa. “Não há verba para contratá-lo”, disse José Jacobson Neto, diretor de futebol.

Ex-companheiro do técnico Rogério Ceni, Hernanes se sagrou bicampeão brasileiro no São Paulo, levantando a taça em 2007 e 2008. Com a camisa tricolor, ele contabilizou 42 gols em 215 partidas oficiais.

A última vez em que atuou foi no dia 11 de janeiro, quando o time de Turim bateu a Atalanta por 3 a 2, pela Copa da Itália. Na atual temporada, Hernanes foi a campo em apenas 13 das 30 partidas da Juventus, das quais foi titular em dez delas, marcando um gol.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Nota do PP: mantenho a informação dada mais  cedo na coluna “Alguém me disse”

2 comentários em “São Paulo tenta Hernanes, mas “falta de verba” dificulta contratação

  1. O problema é que o Hernanes, se vier, não é o mesmo que foi vendido. Gosto dele e acho que, no Brasil, ele ainda poderia fazer alguma diferença; entretanto tenho consciência de sua real situação técnica…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*