Negociação com a Juventus não evolui e Lyanco fica no São Paulo

Ao menos por enquanto, Lyanco permanecerá no elenco do São Paulo, que recusou a oferta inicial da Juventus, da Itália, pelo futebol do zagueiro. Como a janela de transferências dos principais centros da Europa se encerra nesta terça-feira, não há tempo para que a agremiação de Turim faça ajustes e apresente uma nova proposta, o que torna a negociação impraticável.

O valor oferecido ao clube do Morumbi foi de 5 milhões de euros (R$ 17 milhões). A diretoria encabeçada pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, porém, entende que Lyanco tem grandes chances de se valorizar em um futuro próximo e pediu mais dinheiro para vendê-lo, o que não aconteceu.

Em contato telefônico com a Gazeta Esportiva, o empresário do atleta, Frederico Moraes, afirmou que a falta de tempo hábil para a realização de alguns “trâmites” tornou a contratação inviável de acontecer neste momento. Por outro lado, disse que São Paulo e Juventus podem retomar as conversas em breve para que a venda se concretize na janela do meio do ano.

Natural de Vitória, capital do Espírito Santo, Lyanco completará 20 anos nesta quarta-feira. No momento, o zagueiro está defendendo a Seleção Brasileira sub-20 no Sul-Americano da categoria, no Equador. Com a permanência no Morumbi, ele se reapresentará ao São Paulo após a disputa da competição continental, que termina no próximo dia 11.

Se por um lado segurou Lyanco, o Tricolor não conseguiu fazer o mesmo com David Neres. O atacante de 19 anos foi vendido ao Ajax, da Holanda, por cerca de R$ 51 milhões. Dessa forma, Luiz Araújo, que havia recebido uma oferta do francês Lille de R$ 22 milhões, seguirá no elenco comandado por Rogério Ceni.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*