São Paulo tem a sexta chance esse ano de acabar com incômodo

Com o risco de rebaixamento praticamente zerado e o sonho de conquistar uma vaga para a Copa Libertadores da América depender de uma improvável combinação de resultados, o São Paulo está trabalhando durante toda essa semana com um objetivo claro e definido: Conquistar a terceira vitória consecutiva para a equipe. Tanto Ricardo Gomes, quando os atletas não negam o incômodo pelo fato do clube ainda não ter atingido nove pontos em sequência nessa temporada.

“A gente fica chateado, porque uma equipe como o São Paulo não pode ficar assim. Mas tomara que no próximo jogo a gente consiga essa situação”, comentou o zagueiro e capitão Maicon, otimista para o duelo contra o América-MG, nesta segunda, às 20h, no estádio Independência, em Belo Horizonte, depois das vitórias sobre Fluminense e Ponte Preta.

Já são pouco mais de um ano e quatro meses de jejum da trinca. A última vez que o Tricolor do Morumbi bateu a meta foi em 13 de junho de 2015, depois da vitórias por 1 a 0, fora de casa, sobre a Chapecoense. Antes, Santos (3 a 2) e Grêmio (2 a 0) foram as vítimas. Tudo válido pelo Campeonato Brasileiro daquele ano.

Na temporada passada, aliás, o São Paulo não teve grandes problemas para fazer o que parece tão difícil em 2016. Por cinco vezes a equipe chegou à três vitórias seguidas. E o feito poderia ser repetido se o time não tivesse desperdiçado as mesmas cinco oportunidades que teve nesse ano de fazer o hat-trick.

A primeira delas veio depois de bater Água Santa (Paulista) e Cesar Vallejo (Libertadores) em sequência. Mas, sucumbiu diante do Corinthians logo em seguida. Depois, fez seis pontos sobre Rio Claro e Novorizontino, porém, caiu frente a Ponte Preta (todas pelo Paulista). Oeste (Paulista) e Trujillanos (Libertadores) deram a terceira chance ao São Paulo, mas o São Bento (Paulista) frustrou os planos.

Depois, a equipe conseguiu superar Atlético-MG (Libertadores) e Botafogo (Brasileiro) antes de perder para o Galo (Libertadores) em duelo que ao menos lhe garantiu a vaga. E o Atlético-PR foi o último a estragar os planos são-paulinos quando freou a reação imposta em cima de Figueirense e Cruzeiro (todas pelo Brasileiro).

Agora, o Tricolor tem a sexta oportunidade de acabar com o incômodo e dar ao menos essa alegria ao seu torcedor, que terá de amargar o quarto ano seguido sem título e um fim de temporada com motivações rasas.

Vale lembrar que se o América-MG vencer na segunda, o objetivo seguirá possível porque ainda restarão cinco jogos pelo Campeonato Brasileiro: Corinthians (casa), Grêmio (casa), Chapecoense (fora), Atlético-MG (fora) e Santa Cruz (casa).

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “São Paulo tem a sexta chance esse ano de acabar com incômodo

  1. A que ponto chegamos!
    E isso disputando, no período, um campeonato paulista onde a grande maioria dos times juntam um bando de jogadores de última hora, já que não conseguem jogos o ano inteiro. Há dez anos atrás, quem ousasse fazer um prognóstico do futuro e colocasse o SP numa situação dessas, seria internado nalgum centro de reabilitação psicológica, por delírio extremo!
    Mas, eis que o JJ, a lá Chavez venezuelano, aplica um golpe e transforma o Soberano numa imitação barata do país irmão, com direito a sucessores Maduros na arte de destruir tudo o que tocaram…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*