São Paulo suspende venda de sócio-torcedor

O São Paulo ousou ao vender grande parte dos 67 mil ingressos da final da Copa Sul-Americana pela internet. Mas sofreu com a ousadia ao receber várias queixas da torcida, fato que escancarou os problemas do Sócio Torcedor do clube e obrigou a diretoria do Tricolor a suspender as adesões até que o projeto seja completamente reformulado.

“Está temporariamente interrompida a possibilidade de inscrição de novos sócios por quaisquer das formas hoje utilizadas – inscrição presencial, site e Call Center – o que será retomado imediatamente após a conclusão e anúncio das medidas de reestruturação que estão sendo desenvolvidas neste momento”, informou o clube em trecho do comunicado exposto no site oficial do programa Sócio Torcedor.

As queixas dos torcedores foram diversas. O site da Total Acesso prometeu iniciar as vendas às 9h da segunda-feira passada (dia 3), mas começou já na madrugada do domingo, fato que confundiu os torcedores. Alguns setores apareciam como esgotados, e depois com ingressos a venda. Muitos são-paulinos passaram várias horas na frente do computador na tentativa fracassada de obter o bilhete. As vendas se esgotaram em poucas horas.

Os Sócios Torcedores se revoltaram com o fato de não terem prioridade de compra de ingressos. O São Paulo admitiu os erros, e prometeu resoluções rápidas. Segundo o assessor da presidência, José Francisco Manssur, a Total Acesso promoveu até demissões na tentativa de tornar o processo mais dinâmico.

“Quando o sistema teve uma Super Demanda de 600 acessos por minuto, o sistema da Total Acesso não conseguiu corresponder. A gente está fazendo de tudo para tentar consertar isso”, explicou.

Na tentativa de reparar a falha com os Sócios Torcedores, o São Paulo resolveu usar os 2500 ingressos que sobraram da primeira venda na internet para consumo dos mesmos. Mas o novo programa, que será lançado no início do ano que vem, prevê ainda mais melhorias para esse nicho de torcedor do Tricolor.

“Desde alguns meses atrás estamos reestruturando todo o sistema e comprando sistemas novos para quando lançar o novo plano, a gente consiga ter um arquivo atualizado com o nome, plano, número de jogos, todos os dados possíveis”, explicou Manssur, que acena com a possibilidade de seguir o exemplo do Corinthians e privilegiar os Sócio Torcedores mais ativos em jogos de decisivos do São Paulo no Morumbi.

O atual plano de Sócio Torcedor do São Paulo conta com cerca de 14 mil participantes, mas apenas metade deles estão com a mensalidade em dia. O Tricolor diz não ter meta de adeptos com a melhoria do sistema. “O céu é o limite”, finalizou Manssur.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*