São Paulo substitui empresa e abre venda de ingressos com atraso

Diferentemente do que reza o Estatuto do Torcedor, o São Paulo não abriu com 72 horas de antecedência a venda de ingressos para a partida contra o Audax, previamente marcada para 17h (de Brasília) de sábado, no Morumbi. O problema se deu em função da substituição da empresa que faz a operação.

Com reclamações antigas a respeito da Total Acesso, a parceria firmada pela gestão anterior foi definitivamente rompida nesta semana. Para o seu lugar, o clube firmou acordo com a Smartmove, empresa portuguesa que ofereceu serviços de biheteria na Copa do Mundo.

Ocorre que, feita sem divulgação, a substituição das empresas deixou muitos torcedores reféns de informação sobre a comercialização de entradas para o duelo de sábado, que marcará o retorno do time ao Morumbi, cujo gramado passou por reforma. Os links de acesso tanto da parceira quanto no site do clube foram excluídos.

O novo endereço (www.spfc.com.br) foi informado por volta de 17h30 desta quinta-feira. Alguns torcedores inicialmente enfrentaram dificuldades no acesso, mas em seguida conseguiram adquirir bilhetes até para o primeiro compromisso da equipe como mandante na Libertadores (na próxima quarta-feira, diante do Danbuio).

Procurado, o presidente do clube, Carlos Miguel Aidar, avisou que não poderia atender à reportagem no momento. O departamento financeiro também não soube detalhar o novo acordo com a empresa portuguesa, que teria vencido concorrência com outras operadores de bilheteria nacionais e internacionais. Para sábado, a carga total colocada à venda foi de 63.368 entradas.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*