São Paulo sofre, mas quebra jejum de vitórias e se mantém no G4

O São Paulo finalmente voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Na noite desta sexta-feira, jogando no estádio do Barradão, o time tricolor atuou bem no primeiro tempo, segurou a pressão no segundo e derrotou o Vitória por 1 a 0, com gol do zagueiro Bruno Alves, encerrando um jejum de seis partidas sem triunfar.

Com o resultado, além de recuperar um pouco da confiança perdida, o São Paulo garante a manutenção do quarto lugar ao final da rodada, com 56 pontos, quatro a mais que o Grêmio, quinto colocado. Já o Vitória segue na 17ª colocação com 33 pontos, dentro da zona de rebaixamento.

Pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo tentará dar sequência à sua recuperação diante do Flamengo, no próximo domingo, às 17 horas (de Brasília), no Morumbi. No mesmo dia e horário, o Vitória buscará reagir contra o Paraná, em Curitiba.

O Jogo – O primeiro tempo foi de um jogo aberto, com o São Paulo explorando as pontas e criando as melhores oportunidades. A primeira delas surgiu aos 13 minutos, após saída errada do Vitória, Reinaldo cruzou na medida para Joao Rojas, que testou firme. O goleiro Ronaldo, porém, fez a defesa.

Bem mais intenso em relação às partidas anteriores, o São Paulo continuou melhor. Aos 21, Diego Souza recebeu grande lançamento de Bruno Peres e bateu cruzado, exigindo grande defesa de Ronaldo. O Vitória respondeu pouco depois, em chute de Rhayner, que quase complicou Jean.

Aos 36 minutos, o São Paulo foi premiado pela superioridade e abriu o placar. Em boa trama pela direita, Rojas recebeu de Reinaldo na grande área e tocou para trás. O zagueiro Bruno Alves apareceu perto da marca do pênalti e bateu forte, estufando as redes do Vitória.

Em busca do empate, o Vitória voltou com Neilton no lugar de Erick. Aos 13 minutos, o meia-atacante testou Jean em chute de fora da área, mas o goleiro tricolor encaixou a bola. Pouco depois, o São Paulo respondeu com Rojas, que recebeu de Reinaldo na direita e chutou colocado, tirando tinta da trave.

No lance, contudo, o atacante equatoriano machucou o pé direito e saiu para a entrada de Everton Felipe. Um pouco antes, Aguirre havia colocado Tréllez na vaga de Gonzalo Carneiro. Paulo Cesar Carpegiani respondeu pondo os atacantes Léo Ceará e Wallyson nos lugares de Willian Farias e Lucas Fernandes.

Sem Rojas, o time paulista passou a ser sufocado pelos baianos. Aos 34 minutos, o atacante Maurício Cordeiro avançou pela direita, invadiu a área e chutou rasteiro, mas Jean se esticou todo e conseguiu espalmar. A defesa do novo goleiro titular garantiu o triunfo do São Paulo, que encerrou o jejum de seis rodadas sem vencer.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 0 x 1 SÃO PAULO

Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA)
Data: 26 de outubro de 2018, sexta-feira
Horário: 19h30 (Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Mauricio Coelho Silva Penna (RS)
Público: 11.714 torcedores
Renda: R$ R$ 122.074,00
Cartão Amarelo: Lucas Ribeiro (Vitória); Hudson e Gonzalo Carneiro (São Paulo)
Cartão Vermelho: –
Gol: SÃO PAULO: Bruno Alves, aos 36 minutos do 1º tempo

VITÓRIA: Ronaldo; Jeferson, Ramon, Lucas Ribeiro e Fabiano; Willian Farias (Léo Ceará),Rodrigo Andrade e Rhayner; Lucas Fernandes (Wallyson), Erick (Neilton) e Maurício Cordeiro
Técnico: Paulo Cesar Carpegiani

SÃO PAULO: Jean; Bruno Peres, Bruno Alves, Arboleda e Edimar; Luan, Hudson, Diego Souza (Nenê) e Reinaldo; Joao Rojas (Everton Felipe) e Gonzalo Carneiro (Tréllez)
Técnico: Diego Aguirre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*